Feira de ciencias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2013 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GOVERNO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
SUBSECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO BASICA E PROFISSIONAL
SUPERINTENDENCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE CARAPINA
ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO JACARAIPE

















I FEIRA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA:
CIÊNCIA NO COTIDIANO























SERRA-ES/2011

1 –IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO:


Escola: Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Jacaraípe.
Título: I Feira de Ciências e Tecnologia: Ciência no Cotidiano.
Endereço: Rua Guacyra 713, Jardim Atlântico, Jacaraípe, Serra – ES.
Telefone/Fax: (27) 3252 – 4482.
Diretora: Carla Moreira da Cunha.
Pedagogo: Ronan Salomão Gaspar.
Coordenadores: Marcos Arrebola, Neuza Batista.
ProfessoresIdealizadores: Patrícia Leal, Eliene Coelho, Delano Lorenzoni, Mariano Lorenzoni, Nádia Amorim.
Público alvo: Todos os alunos da unidade escolar.
Dias da semana e Horários: 30 de novembro de 2011, a partir das 09:00 horas.

Este projeto trata da realização da Feira de Ciências e Tecnologia da escola, organizada por alunos e professores e aberta a participação de toda comunidade escolar.

Opúblico-alvo são alunos, professores e demais profissionais da EEEFM Jacaraípe, assim como os familiares e comunidade.

2 – JUSTIFICATIVA


As ciências humanas não têm consciência dos caracteres físicos e biológicos dos fenômenos humanos. As ciências naturais não têm consciência da sua inscrição numa cultura, numa sociedade, numa história. As ciências não têm consciência do papel nasociedade. As ciências não têm consciência dos princípios ocultos que comandam as suas elucidações. As ciências não têm consciência de que lhes falta uma consciência. (MORIN 2003, p 30)




Qual o papel do educador frente a estas questões? Pensando em tantos questionamentos e conhecendo a importância de despertar em nossos educandos o interesse pela questão ambiental e pela pesquisa, e sabendoainda a importância de trabalhar interdisciplinarmente os conhecimentos científicos, foi idealizada a Feira de Ciência e Tecnologia da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Jacaraípe, abordando a temática: Ciência no Cotidiano, englobando também o tema da semana nacional de ciência e tecnologia: Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos.

O planeta esta emtransformação, as mudanças climáticas são evidentes, os desastres naturais são cada vez mais devastadores, como a influência humana tem ligação com esses acontecimentos?

“A ciência triunfa: jamais seu poder foi tão evidente. Ela conseguiu vencer doenças que dizimavam, abolir trabalhos braçais que extenuavam, suprimir tarefas repetitivas que entediavam. Tornou vizinho o longínquo,alargou os limites de nossos conhecimentos tanto do infinitamente grande, quanto do infinitamente pequeno, tanto do mundo inerte, quanto do mundo vivo. Conquistou, em resumo, o poder de modelar nossas vidas, de modificar a vida. Mas também aperfeiçoou o poder de aniquilá-la. A forma de um Exército pode fundamentar-se no número e na determinação de seus combatentes, mas também, e principalmente, no graude sofisticação tecnológica de seus armamentos, como o demonstram os bombardeios sobre o Iraque e, mais recentemente, sobre a Sérvia.” (SILVA,1999, p.2)

De acordo com os parâmetros curriculares nacionais, meio ambiente e saúde devem ser tratados como temas transversais. Analisando esta questão, não tem como separar os dois itens, já que educação ambiental foca qualidade de vida, relaçãosocioeconômica e ambiental; logo, a saúde está diretamente relacionada, considerando o enfoque no ambiente em que o sujeito está inserido. Uma feira de ciências que tem como temática a questão ambiental, não tem como não focar o estilo de vida atual e quais alternativas podem ser usadas para harmonizar o homem com a natureza da forma mais saudável possível. Isso também é abordar saúde....
tracking img