Fases economicas do brasil no seculo xix e xx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1069 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FASE ECONÔMICA DO BRASIL NO SÉCULO XIX

O século XIX é um momento de grandes transformações para a população do Brasil, que, logo no início do período se depara com o episódio inédito de receber o monarca de sua metrópole. Neste mesmo século, o Brasil adota seu atual sistema de governo, a República.
No campo econômico, as transformações também foram de grande importância. As comunicações sedavam em dois polos principais, o das economias do açúcar e do ouro. O início do século XIX é caracterizado pelo declínio da produção do ouro ao qual se seguiu uma rápida e geral decadência da região mineira.
A chegada da família real ao Brasil mudou fundamentalmente o cenário político local, contribuindo principalmente para reforçar as relações comerciais e sociais numa colônia que não se via enem funcionava como uma unidade, além de liberar o território do pacto colonial. A abertura dos portos e outros tratados posteriores dariam o controle econômico efetivo do país à Inglaterra, mesmo depois de conquistada a independência.
A situação começaria a mudar gradualmente na metade do século, quando o sistema de tratados desiguais assinados por D. João VI e D. Pedro I, onde as potênciaseuropeias levavam vantagens nos acordos comerciais, chegou ao fim, com a aprovação da Tarifa Alves Branco. Tal tarifa, que levava o nome de seu idealizador, buscou eliminar as vantagens tarifárias conquistadas por muitas nações estrangeiras através de tratados assinados equivocadamente. A predominância da economia inglesa prosseguia, mas agora o Brasil começava a se organizar melhor no campo econômico.Durante quase todo o século prosseguiria o lucrativo e horrendo comércio de escravos, o Império encontrava-se no dilema da pressão externa européia para eliminar a escravidão e seu comércio, enquanto que no cenário interno, a abolição de tal prática significaria a perda de seus grandes latifundiários escravagistas, causando o fim da Monarquia.
No meio desses problemas, o café começa a surgircomo a nova fonte de riqueza para o
Brasil. Já na década de 30 do século XIX, o café passa a ser o principal produto de
exportação. Cabe observar que, decorridos três quartos de século, a característica dominante da economia brasileira era a estagnação ou a decadência. A instalação de um rudimentar sistema administrativo, a criação de um banco nacional e umas poucas iniciativas governamentais, aolado da preservação da unidade nacional, foi o resultado desse longo período de dificuldades.
Na segunda metade do século XIX, não obstante a permanente expansão do setor de
subsistência, a inadequada oferta de mão-de-obra constituiu o problema central da economia brasileira. A questão da mão-de-obra se agravou e passou a exigir urgente solução com a eliminação da única fonte importante deimigração, que era a africana, com base na assinatura da lei Áurea de libertação dos escravos pela princesa Isabel, em 13 de maio de 1888.
A economia brasileira estava dividida em três setores principais, sendo o primeiro constituído pela economia do açúcar e do algodão e pela vasta zona de economia de subsistência a ela ligada; o segundo formado pela economia de subsistência do sul do país; e oterceiro pela economia cafeeira.
A expansão da atividade cafeeira fez com que houvesse o aumento
da massa de salários, fato que contribuiu para que a massa de salários pagos no setor
exportador se constituísse no núcleo de uma economia de mercado interno que estava sendo gestada no Brasil. A renda dos empresários era, por sua vez, utilizada em investimentos na expansão da cafeicultura e noconsumo, especialmente de produtos importados.





FASE ECONÔMICA DO BRASIL NO SÉCULO XX

Até os anos 1930 do século XX a atividade econômica que predominava no Brasil era a monocultura do café. O crescimento econômico no século XX, que tornou o Brasil um país industrializado e que colocou o país entre umas das principais economias do mundo teve como resultado um crescimento da “máquina...
tracking img