Farmacia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1385 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE DROGAS VEGETAIS
COMERCIALIZADAS EM SÃO LUÍS / MARANHÃO

No estado do Maranhão (Brasil), foi realizada uma pesquisa da qualidade de plantas comercializada em mercados públicos. O emprego de plantas com recursos terapêuticos é uma pratica passada de pai para filho, após adquirir algum problema recorrem a produtos que estão disponíveis no comércio varejista realizadoem mercados e feiras livres, onde são precárias as condições higiênicas, atraindo doenças para a população.

Analisando a eficácia, segurança e as condições higiênico-sanitárias, considerando que a eficácia e a segurança terapêutica de espécies vegetais dependem da qualidade, vem sofrendo diversos fatores, por isso deve-se exigir as condições ideais de cultura, colheita secagem, estabilização,manufatura, conservação e armazenamento, para o produto ser eficaz sem prejudicar a saúde das pessoas que utilizam desses recursos.

Foi feito uma pesquisa no período de fevereiro a maio de 2001, para avaliar a qualidade de espécies vegetais comercializadas para fins terapêuticos em mercados de São Luís.
Foram adquiridas 12 amostras de drogas vegetais comercializadas para uso medicinal, paraanálise macroscópica de pureza e microbiológica.

Em análise macroscópica foi possível constatar que 68% das amostras comerciais, apresentaram intensa variação de cor e 73% apresentaram variação de peso e tamanho.
Já as amostras de pau-d'arco-roxo da banca de venda do Mercado da liberdade apresentaram variação de comprimento de até 6 a 22 cm de comprimento por 3 a 6 cm de largura. As amostrasde cabacinha da banca de venda do Mercado Central 1 apresentaram variações de peso de 0,4g a 1,15g das seguintes amostras: folha de boldo (Peumus boldus Nolina), sene ( Senna Alexandrina Mill), melão de São Caetano (Momordica Charantia L) e frutos de cabacinha ( Luffa opercalata Cogn), apresentaram diferenças e variações marcantes na cor, no tamanho e no peso, essas alterações são devido aoprocessamento inadequados de cultivo, local, período de condições de colheita ou até mesmo processo de secagem, essas alterações de fatores podem alterar a qualidade da espécie vegetal. Se na amostra apresentar intensa variação de cor, pode indicar prazo de validade ultrapassado.

Embora todas as amostras comerciais em estudo, exceto os frutos de romã, que é conhecido como planta seca, foi analisadaque a determinação de teor de umidade revelou que 62% apresentaram valores acima do recomendado, e as amostras de aroeira (Myracrodruon Urundeuva All.),enxuga (alternanthera tenella) e melão de São caetano (MomordicaCharantina L) apresentaram umidade superior a 22%, quando se constata excesso de umidade nas amostras é preocupante, pois pode se considerar um processo inadequado na secagem oucondição imprópria durante a comercialização, e até mesmo pode acarretar na degradação dos constituintes químicos, além de facilitar o desenvolvimento de fungos e bactérias, com isso altera a qualidade do material vegetal.

Foi feita uma pesquisa com elementos estranhos, onde revelou que 86% das amostras comerciais apresentavam impurezas acima do permitido, com isso facilitava na predominação de outrosórgãos da própria planta ou até de parasitas vivos e/ou mortos (insetos), todas essas alterações seria devido ao condicionamento impróprio para o material vegetal. Como são os casos das amostras de fava de jucá ( Caesalpinia Ferrea Mart.), que foi comprovado 5% de contaminação vivos e/ou mortos devido ao mau acondicionamento do material vegetal. Nas amostras de folhas de boldo ( Peumus boldusMolina) fontes de todas as bancas de venda selecionadas em estudo, constatou 18 a 20% de órgãos diferentes do mesmo vegetal ou de outro vegetal, que essa alteração seria dada por contaminação ou fraude.

Constataram que as amostras adquiridas nas bancas de venda de Mercados de São Luís, pela análise de pureza, estavam impróprias para o consumo devido à grande quantidade de contaminação por...
tracking img