Experiencia com ead

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (399 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Em 2006 tive uma experiência com EAD, quando decidi fazer o curso de tecnologia em segurança no trabalho. O processo seletivo aconteceu com a realização de uma redação com todos os critérios exigidospela UFPA (Universidade Federal do Pará), passei em primeiro lugar, superando todas as minhas expectativas. Ponderei se seria bom para mim, mas mesmo com muito medo devido aos comentários sobre a EADresolvi encarar o desafio.
No início pensei que seria uma formação rápida, de qualidade e que não haveria tanto preconceito. Durante o 1º semestre, fomos informados que o curso ainda não havia sidoreconhecido pelo MEC, após muitas reuniões e pressão por parte dos discentes o coordenador nos declarou que o nosso curso só seria reconhecido após a conclusão da segunda turma na matriz em São Paulo.Após essa declaração muitos alunos desistiram, cerca de 15% a 20% do total da turma. Esse foi o primeiro de muitos obstáculos que surgiram no decorrer do curso, em seguida surgiu à dificuldade dosencontros em grupo para realização dos trabalhos, pois a maioria da turma, cerca de 90%, eram de trabalhadores. Os encontros presenciais ocorriam uma vez por semana, nesses dias eram realizados ostrabalhos e provas presenciais.
A maior dúvida levantada em todas as discussões era sobre a validade dos diplomas e como seria a aceitação no mercado de trabalho, cerca de 10 pessoas numa turma de 45 játrabalhavam como técnicos em segurança do trabalho. A universidade levou aproximadamente 2 meses para instalar uma biblioteca com a disponibilização de computadores para a postagem dos trabalhos.
Como início dos estágios e a dificuldade de consegui-lo, principalmente por ser mulher, a universidade disse que não poderia fazer nada, que o estágio era responsabilidade dos alunos. Pedimos por váriasvezes, a intervenção do coordenador junto às empresas para que fosse determinada uma cota de vagas destinadas ao público feminino, mas não tivemos sucesso, então após um ano de curso desisti, junto...
tracking img