Existencialismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicologia Existencialista
Quando a beleza é superada pela realidade Quando nos perdemos nestes jardins de males tropicais Quando no meio de tantos anêmicos respiramos o mesmo bafo de verme de tantos poros animais Ou quando dentro de nossas casas a miséria nos acompanha em suas coisas mais fatais Como a comida, o disco, a roupa, o prato, a pele, O fígado de raiva arrebentando A garganta empânico E um esquecimento de nós inexplicável Sentimos finalmente que a morte aqui converge Mesmo como forma de vida, agressiva. Glauber Rocha, Terra em Transe, 1967.

Partindo do princípio de que nenhuma nova filosofia possa se construir sem uma revisão e análise crítica dos conceitos produzidos pelos sistemas filosóficos anteriores, nada mais óbvio do que pensar que o projeto filosóficoexistencialista levado a cabo por Jean-Paul Sartre tenha partido da leitura crítica de pensadores que outrora partiram da mesma questão temática que nos interessa refletir sobre a constituição do ser, principalmente, naquilo que atravessa a compreensão de sua existência no tempo, na sociedade e no interior dos próprios desdobramentos psíquicos do sujeito. Também não é nenhuma novidade que as especulações sobrea origem do ser são tão antigas quanto o nascimento do pensamento racional na Grécia de Socrátes, Platão e Aristóteles. No entanto, dando um salto no espaço e no tempo, no final do século XIX, com o surgimento do positivismo, movimento que apostava nas ciências como instrumento de libertação das mazelas humanas – a partir de sua divisão em diversas disciplinas – acreditou-se que a psicologia,fruto do desdobramento da filosofia, poderia dar conta objetivamente da subjetividade humana. Mas, antes de aprofundarmos esta questão abordada pelas psicologias que pretendem abarcar a complexidade

1

psíquica e social do ser através de um método científico, faremos uma pequena trajetória do problema do ser que implicou no nascimento do método fenomenológico e culminou no nascimento dafilosofia existencialista de Sartre. Um filósofo que se tornou marcante na história do pensamento racional do início do século XIX foi Hegel. Marcante no sentido de que toda crítica posterior foi dirigida ao seu sistema filosófico que privilegiava a Filosofia da História em detrimento do Ser, ou melhor, o ser não passava de um capricho da subjetividade enquanto a História tratava da essência dahumanidade, daquilo que realmente poderia ser verificado empiricamente e avaliado logicamente pelo método racional. Evidentemente, a filosofia de Hegel é mais complexa e profunda do que esta síntese, contudo, interessa-nos destacar aquela questão polêmica para a qual se dirigiram as críticas de Kierkegaarg, Husserl, Heidegger, Marx e, finalmente, Sarte. Apesar de Soren Aabye Kierkegaarg (1813-1855) tersido um apaixonado pela lógica hegeliana, suas divergências logo se manifestaram por ter compreendido que o sistema filosófico de Hegel tinha um limite deficiente, para não dizer trágico, quando subordinava a existência concreta do sujeito em favor da análise histórica da sociedade. Para Kierkegaard, o sistema hegeliano se arrogava o direito de ignorar a existência concreta do indivíduo. Consideravaa filosofia hegeliana como um sistema que esvazia a existência humana de todo caráter concreto, dissolvendo-a em puros conceitos racionais. Kierkegaard buscava compreender a existência humana à luz das próprias inquietações psíquicas do sujeito sobre a realidade, e, consequentemente, sobre sua história pessoal em contraste com a História da Humanidade. Dito de outro modo, não é a História quemolda os sujeitos, mas os sujeitos que constroem a história. Para ele, a razão não poderia e nem deveria ser o único instrumento de percepção da realidade pela qual “a experiência individual da vida humana subordina-se à vida própria das idéias”. O drama de Kierkegaard é o mesmo drama compartilhado por aqueles que buscam dar conta de suas próprias experiências concretas e subjetivas a respeito...
tracking img