Evolucionismo cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1488 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Explique algumas das principais diretrizes do pensamento evolucionista, que marcou o início da Antropologia como disciplina acadêmica.
Com o passar do tempo, exatamente no início da era contemporânea, cada vez mais teóricos e estudiosos começaram a questionar a visão criacionista do surgimento do “todo”. A não explicação da causa, ou a explicação de forma divina (sem levantamento de dados eempirismo) começou a provocar questionamentos em vários pensadores de sua época. Charles Robert Darwin, naturalista britânico, já idealizava algumas hipoteses sobre a “origem das espécies” desde 1838, porém faltava uma certa consistência, e principalmente dados para não ser refutada facilmente por estudiosos de sua época. Apartir daí começa sua jornada para mostrar o evolucionismo ao mundo.
Em1959, publica “On the origin of species by means of Natural Selection, or the preservation of favored races in the struggle for life” (A origem das espécies), que é um conjunto de pesquisas deixadas por Darwin no intuito de estabelecer um estudo de método comparativo entre espécies dos mais diversos espaços e tempos. Assim foram feitas duas conclusões: a primeira é que a característica biológicados indivíduos mudam ao acaso e a longo prazo. Dessa forma é proposto que a questão biológica dos seres vivos passam por um processo natural e dinâmico, na qual o mais adaptado ao meio sobrevive, e os que não conseguem adaptar-se as condições adversas extinguem-se, criando uma constante concorrência entre viver ou morrer (Seleção Natural). Sua segunda conclusão é que a evolução não sustenta umdesenvolvimento linear onde o ser vivo vai evoluindo até se tornar mais adaptado ao meio, diferente de Lamarck, […] acredita-se que a “degenerescência” de um parasita é tão perfeita quanto a marcha de uma gazela […].
Assim, com toda a fundamentação do evolucionismo científico, surge com os mesmos ideais, o Darwinismo Social, que se origina após a publicação da “A origem das espécies”. O sucesso dateoria da evolução motivou o surgimento de correntes nas ciências sociais baseadas a tese da sobrevivência do mais adaptado, da importância de um controle sobre a demografia humana. De acordo com esse pensamento, existiriam características biológicas e sociais que determinariam que uma pessoa é superior à outra e que as pessoas que se enquadrassem nesses critérios seriam as mais aptas. Geralmente,alguns padrões determinados como indícios de superioridade em um ser humano seriam o maior poder aquisitivo e a habilidade nas ciências humanas e exatas em detrimento das outras ciências, como a arte, por exemplo, e a raça da qual ela faz parte. Porém com o surgimento das ideias de Herbert Spencer, o Darwinismo Social da espaço a ciência que será o intermédio da antropologia contemporânea e dasvisões tradicionais religiosas.
O Evolucionismo Social, refere-se às teorias antropológicas de desenvolvimento social segundo as quais acredita-se que as sociedades têm início num estado primitivo e gradualmente tornam-se mais civilizadas com o passar do tempo. Nesse contexto, o primitivo é associado com comportamento animalístico; enquanto civilização é associada com a cultura europeia do séculoXIX. O Evolucionismo Social tem relação com o darwinismo social e representa a primeira teoria de evolução cultural. Desenvolvida pelos académicos Lewis Henry Morgan, Edward Burnett Tylor e Herbert Spencer, representa uma tentativa de formalizar o pensamento social com linhas científicas modeladas conforme a teoria biológica da evolução. Seus principais expoentes acreditavam que “Se organismospodem se desenvolver, seja biologicamente tornando-se mais complexas, ou estruturalmente (organização), por que a sociedade também não pode?”
Entretanto, ao analisarmos os fatores que “definiam a cultura” como mediadores, vemos que teríamos que levarmos em consideração coisas como a arte, as leis e a moral. A dificuldade nisso é que nem todas as culturas precisam ter uma lei definida, uma arte...
tracking img