Evangelismo e missoes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 72 (17926 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Evangelismo e Missões - 3º Trimestre de 2002 - CD CPAD
A Igreja Cumprindo Sua Tarefa
Comentários de Pr. Esequias Soares
 
Lição 1 - O Evangelho
 
INTRODUÇÃO

Estamos iniciando um novo trimestre com mais um tema palpitante: evangelismo e missões. Por que evangelizar e fazer missões? O que significa evangelismo e missões para a Igreja neste novo milênio? Quais os recursos e estratégias paraa execução dessa tão sublime tarefa? A resposta a essas e outras perguntas é o tema deste trimestre. Hoje, vamos estudar o significado do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. 

I. A PALAVRA “EVANGELHO”

1.Etimologia. A palavra “evangelho” vem de duas palavras gregas eu, que quer dizer “bom”, e de angelia, que significa “mensagem, notícia, novas”. Assim, a palavra euuangelion quer dizer“boas novas, notícias alvissareiras”. Essa palavra aparece tanto no Antigo Testamento como na literatura extra-bíblica.No hebraico é bessorah (2 Sm 18.20,25,27; 2 Rs 7.9), que a Septuaginta traduziu por euuangelion. Originalmente significava “pagamento pela transmissão de uma boa notícia”. Com o tempo, passou a ganhar novo significado no mundo romano de fala grega, em virtude do culto ao imperador,pois a palavra euuangelion era usada para anunciar o nascimento deste ou a sua coroação. 
2. Novo Testamento. Esse vocábulo, que é encontrado 76 vezes em todo o Novo Testamento, só aparece no singular; o verbo euuangelizo, “evangelizar”, 54; e euuangelistes, “evangelista”, três. O Senhor Jesus Cristo é o conteúdo do evangelho: sua vinda, seu ministério terreno, seu sofrimento, morte e ressurreição(Rm 1.1-7). É a mensagem de Cristo que salva o pecador (Jo 3.16; Rm 1.16). É o meio empregado por Deus para a salvação de todo aquele que crer (1 Co 15.2). Só através do evangelho é que o homem conhece a salvação na pessoa de Jesus. O evangelho de Cristo é a única resposta para este mundo que perece em conseqüência do pecado.
3. Os três estágios da palavra evangelho. 
a) No mundo grego, tinha osentido de recompensa por trazer boas novas.
b) No Antigo Testamento (Septuaginta), o vocábulo indica as próprias boas-novas. Aparece em termos proféticos com o mesmo sentido que encontramos no Novo Testamento: “Quão suaves são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!” (Is 52.7). Veja oseu cumprimento em Romanos 10.15.
c) No Novo Testamento são as boas novas que falam do Reino de Deus, da salvação e do perdão dos pecados na pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo. É o evangelho da graça de Deus (At 20.24).

II. OS QUATRO EVANGELHOS

1. É a mensagem de salvação. O evangelho é a mensagem transformadora do Calvário; não é meramente um livro. Se não é um livro, por que chamamos asquatro primeiras seções do Novo Testamento de “evangelhos”? Essa nomenclatura é externa, e surgiu a partir do séc. II, mas parece haver apoio interno para isso: “Princípio do evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus” (Mc 1.1). O evangelista Marcos, depois dessa declaração, passa a narrar o ministério público de Jesus, que consiste no conteúdo do segundo livro na ordem do Novo Testamento; assim otermo “evangelho” ganhou novo estilo literário. 
2. A natureza dos evangelhos. Mateus, Marcos, Lucas e João são a base do Novo Testamento; é impossível compreender a este sem os quatro evangelhos.
a) Os evangelhos sinóticos. Os três primeiros evangelhos são chamados de sinóticos. Este nome vem de duas palavras gregas syn, que significa “com”, e opsis, “ótica, vista”. A palavra “sinótico” querdizer “visão conjunta”. Isto se aplica a Mateus, Marcos e Lucas porque eles são uma sinopse da vida de Cristo. Eles contêm muitas semelhanças entre si no conteúdo e na apresentação. 
b) O Evangelho de João. Enquanto os sinóticos registram o ministério incessante e intenso do Senhor Jesus, as parábolas, os milagres e todos os demais feitos do Mestre, João preocupou-se mais em descrever os...
tracking img