Eutanasia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2785 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EUTANASIA

SÃO PAULO
2012
Introdução A rápida abordagem sobre este tema, tem por objetivo fazer indagações sobre o "direito à vida" e o "direito à morte", sobre a "quantidade" de vida contraposta à "qualidade" desta.Oportuno salientar que, não serão dadas as respostas aos questionamentos levantados, pois estes apenas servirão para fazer com quetodos possamos refletir sobre este polêmico assunto.ConceitosAntes de serem feitas as ponderações a respeito do tema proposto, imprescindível se faz a conceituação da palavra "eutanásia", bem como diferenciá-la de outras que, aparentemente, lhe são semelhantes.Eutanásia vem do grego, significando "boa morte" ou "morte apropriada". O termo é de Francis Bacon que, em 1623, em sua obra "Historiavitae et mortis", a definiu como sendo o "tratamento adequado as doenças incuráveis".Ao longo da história o termo "eutanásia" foi modificando de significação, sendo certo que hoje, eutanásia vem a ser a prática pela qual se procura abreviar, sem sofrimento ou dor, a vida de pessoas que sofrem de doenças incuráveis.Diversas são as expressões utilizadas como sinônimas de "eutanásia", podendo sercitadas "boa morte", "suicídio assistido", "eutanásia ativa".O antônimo de eutanásia é "distanásia" que, por sua vez, vem a ser a utilização dos meios adequados para tratar uma pessoa que está morrendo.Também de origem grega, onde o prefixo "dis" tem o significado de "afastamento", e para alguns a distanásia significa prolongamento exagerado da morte de um paciente ou, até mesmo, pode ser empregado comosinônimo de tratamento inútil.Escrevendo sobre o assunto, Léo Pessini, vice-diretor Geral das Faculdades Integradas São Camilo, afirma que a distanásia "é uma atitude médica que, visando salvar a vida do paciente terminal, submete-o a grande sofrimento. Nesta conduta não se prolonga a vida propriamente dita, mas o processo de morrer".Importante, ainda, conceituarmos o termo "ortotanásia", quesignifica "morte no seu tempo certo"; como o prefixo grego "orto" significa "correto", ortotanásia tem o sentido de morte "no seu tempo", sem abreviação nem prolongamentos desproporcionados do processo de morrer; ressalte-se, por oportuno, que também é conhecida como eutanásia passiva. A medicina e a eutanásiaDiversos são os objetivos da medicina; porém, dentro do tema ora estudado, poderíamos dizerque de há muito este ramo científico busca a cura da doença, bem como o alívio do sofrimento do paciente que se encontra em estado terminal.Porém, aliviar a dor e o sofrimento causados pela doença, precipuamente em se tratando de alguém que sabemos irá morrer, não é tarefa fácil; ao contrário, é espinhosa e árdua.Por mais avançada que esteja a tecnologia, a dor em todas as suas formas é algo que amedicina ainda não conseguiu extinguir do processo dos que estão morrendo.Parece estranho falarmos em processo da morte e pacientes em estado terminal; mas não só os médicos, através de diagnósticos científicos, sabem quando o paciente não mais tem chances de viver, como também o ser humano sabe quando vai morrer em razão de convicções internas.Diante desta afirmativa feita, certo é que à pessoaque está morrendo deverá ser dada toda a garantia possível de que receberá tratamento adequado, livrando-a, na medida do possível, da dor, bem como dando a ela a possibilidade de valer-se da tecnologia existente para prolongar-lhe a vida.A ética médica e a eutanásiaBaseada em valores humanitários, a ética médica visa a prolongação da vida, em seu máximo possível.A tradição médica é no sentido deresistir à eutanásia, por entender que a morte representa derrota frente à luta que até então foi travada.Importante deixar consignado que a Associação Mundial de Medicina, desde 1987, na Declaração de Madrid, considera a eutanásia como sendo um procedimento eticamente inadequado.Além do mais, o que pode ser observado no Código de Ética Médica de 1988, ao abordar os direitos do paciente terminal,...
tracking img