Eurytium

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1988 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTRUTURA POPULACIONAL DO CARANGUEJO EURYTIUM LIMOSUM (SAY, 1818) NO MANGUEZAL DE BARRA DE GUARATIBA, RIO DE JANEIRO, BRASIL.
J. C. T. Almeida1,2
L. M. Y. Oshiro
2,3

1 Aluno da P´s - Gradua¸ao em Ciˆncias Biol´gicas da UFRRJ; 2 Esta¸ao de Biologia Marinha,UFRRJ; 3 Professora do o c˜ e o c˜ Departamento de Produ¸ao Animal/IZ/UFRRJ. e - mail: almeidajct@yahoo.com.br c˜

INTRODUCAO ¸˜Portanto, trabalhos envolvendo biologia populacional de E. limosum s˜o pouco conhecidos. a

A Reserva Biol´gica e Arqueol´gica de Guaratiba, com area o o ´ de aproximadamente 3.600 hectares, localiza - se na Zona Oeste do munic´ ıpio do Rio de Janeiro, litoral nordeste da Ba´ de Sepetiba, abrangendo somente terrenos da Marıa inha (Queiroz, 2008) e localiza - se no manguezal de Barra de Guaratiba. Oclima encontrado no manguezal de Guaratiba ´ conside erado tropical quente e umido, sem esta¸˜o seca, podendo, ´ ca entretanto, apresentar 1 ou 2 meses de d´ficit pluviom´trico e e (Maia & Penna,1982). Os caranguejos da superfam´ Xanthoidea foram estudaılia dos sobre v´rios aspectos: sobre observa¸oes na morfoloa c˜ gia dos ple´podos de machos na fam´ Panopeidae (Maro ılia tin & Abele, 1986);comportamento e sele¸ao de presas em c˜ Eriphia gonagra Fabricius, 1781 (Nalesso, 1993); aspectos reprodutivos de Menippe nodifrons Stimpson, 1859 (Oshiro, 1997); rela¸ao entre quelas e preda¸ao em Eriphia smithii c˜ c˜ Macleay, 1838 (Shigemiya, 2003); morfometria de Hexapanopeus shimitti Rathbun, 1930 (Fumis et al., 2007), entre outros. O caranguejo Eurytium limosum (Say, 1818) ´ um dec´podo e abraqui´ro da fam´ Panopeidae, segundo Martin & Davis u ılia (2001) e Shubart et al., 2002). Esta esp´cie distribui - se, e segundo Melo (1996), pelo Atlˆntico ocidental, nas regi˜es a o de Bermudas, Fl´rida, Golfo do M´xico, Am´rica Central, o e e Antilhas, norte da Am´rica do Sul e Brasil (do Par´ at´ e a e Santa Catarina), habitando praias lodosas e manguezais, vivendo em galerias relativamentecheias d’´gua e sob pea dras na marca da mar´ alta, ocorrendo do entre - mar´s at´ e e e pequenas profundidades. Oliveira (2006) acrescentou que esta esp´cie pode ser encontrada dentro de troncos, peda¸os e c de madeira e ra´ ızes de arvores de mangue. ´ Eurytium limosum foi pouco estudado, apresentando poucas referˆncias na literatura: sobre o desenvolvimento larval e (Kurata et al., 1981), sobre apreda¸ao (Lee & Kneib, 1994) c˜ e sobre a morfometria das quelas (Guimar˜es & Negreiros a Fransozo, 2002).

OBJETIVOS

O presente trabalho objetivou estudar a popula¸ao de E. c˜ limosum da Reserva Biol´gica e Arqueol´gica de Guaratiba o o para obter informa¸oes acerca desta esp´cie, em especial a c˜ e estrutura populacional, para poder viabilizar futuros planos de manejo da biodiversidade daReserva.

´ MATERIAL E METODOS

Para o estudo, foi estabelecido um grid de 140 x 140m, dividido em 49 parcelas de 20 x 20m, que se iniciou a margem do ` rio Pirac˜o at´ uma ´rea descampada ao final do manguezal. a e a Para cada campanha de coleta, foram sorteadas aleatoriamente 5 parcelas. As coletas ocorreram mensalmente de agosto de 2007 at´ julho de 2008, durante as mar´s baixas e e e com 15minutos de esfor¸o de captura para cada coletor. c Ap´s a coleta, houve a sexagem dos animais de acordo com o os caracteres sexuais secund´rios (presen¸a de gonop´dio a c o e ple´podos) e foram tomadas as seguintes medidas o biom´tricas atrav´s de um paqu´ e e ımetro digital (0,01 mm): largura da carapa¸a (LC), para ambos os sexos, e largura c do abdome (LA) para as fˆmeas; comprimento e altura doe pr´podo quelar (CPQ e APQ, respectivamente) e comprio mento do gonop´dio (CG) para os machos. Foi registrada o a presen¸a ou ausˆncia de pˆlos no abdome (em fˆmeas) e c e e e as caracter´ ısticas do gonop´dio (em machos), para auxiliar o nas informa¸oes sobre a maturidade sexual. Dentro destes c˜ padr˜es, os machos e as fˆmeas foram considerados maduros o e ou imaturos. Ap´s as mensura¸oes os...
tracking img