Resumo SER HUMANO E SOCIEDADE: CONTEXTO HISTÓRICO e SER PESSOA – UMA PROPOSTA HUMANISTA

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4412 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Atividade – Resumo das Unidades 1 e 2

1 – SER HUMANO E SOCIEDADE: CONTEXTO HISTÓRICO

2 – SER PESSOA – UMA PROPOSTA HUMANISTA

Analisando o contexto histórico, é possível compreender como a sociedade tratou o ser
humano. Também é possível ver como alguns pensadores entenderam e se pronunciaram a
respeito do ser humano. Claro que devemos levar em consideração o contexto em que ele
vivia.É interessante notar que a concepção a respeito do conceito que se criava ou que se
criou sobre a pessoa influenciou as atitudes da sociedade em cada época. Ou o contrário.
Aquilo que se pretendia da sociedade e para a sociedade acabava criando uma concepção a
respeito do ser humano. A maneira como o ser humano era tratado dependia, do modo como
a sociedade era concebida.
Algumas análisespodem provocar mudanças na maneira de pensar e de agir do homem. Não
devemos confundir Antropologia com Humanismo. Estudaremos a antropologia como forma
de compreender o ser humano e a sociedade dentro do contexto histórico. Enquanto o
homem se compreende, ele representa o todo ou a sua totalidade concreta sem se desligar da
experiência e da compreensão de si mesmo. O ser humano sempre procurouentender o
significado de sua existência. Desde tempos remotos, ele quis saber sobre sua existência e
sobre a existência do mundo e das coisas ao seu redor.
Muitos estudiosos, conseguem analisar essas situações e apontam o que está por trás dos
acontecimentos. O ser humano é capaz de se inquietar; ele está aberto ao mundo, e essa
abertura se converte em abertura ao ser. O homem sempre sepergunta sobre sua própria
essência, sobre o que faz no mundo, por que está neste mundo e qual a razão de sua
existência. Só o homem possui essa capacidade, possibilidade e necessidade. Podemos
perceber que o homem se tornou um problema para si mesmo. Como o homem possui a
capacidade de questionar-se sobre sua essência, ele tem a possibilidade de ter consciência de
si mesmo e, ao mesmo tempo, acapacidade de se compreender. Os questionamentos que o
ser humano se faz e sempre se fez, como "Quem sou?", "Por que estou neste mundo?", "Por
que sou assim?", "Por que as coisas são dessa forma?", ficam, muitas vezes, sem respostas e
inquietam e incomodam. É de extrema importância analisar como o sistema da sociedade de
hoje atua no ser humano e provoca nele reações que não são perceptíveis.Analisar a questão
da ideologia vigente é perceber como o ser humano pode tomar consciência ou não da
situação social e como a ideologia consegue camuflar a realidade e nos mostrar um modo de
pensar, de sentir e de agir em que o ser humano é apresentado de maneira equivocada.
Alguns acreditam que: [...] ser homem significa uma pluralidade de dimensões nas quais não
só experimentamos o mundo,senão que nos experimentamos a nós mesmos [...] o homem é
uma totalidade concreta que fundamenta a totalidade em uma unidade estrutural que
contribui para sua compreensão (CORETH, 1985, p. 39). No entanto, o todo precisa entenderse
a si mesmo.
O homem é uma totalidade e não pode ser visto separada- mente, fragmentado, como
acontece na sociedade atual. O homem não está confinado à suasubjetividade. A pessoa é
vista como parte das transformações e modificações. Isso implica situá-la em determinado
contexto. É necessário olhar a pessoa dentro do contexto histórico para entender o processo
da constituição do ser. O ser humano é um ser em “construção”. Tem grande potencial para a
mudança. O ser humano não é só o seu passado nem só o seu presente, mas podemos
perceber que é um projetode vida, com um potencial em construção, com um potencial
imenso pela frente. Olhar o "ser-no-mundo", como Heidegger, cria a possibilidade de olhar o
ser como um potencial a partir do que ele ainda pode ser: onde o homem não se realiza no
horizonte do ser. É necessário que essa relação ultrapasse os limites do próprio ser para
alcançar uma dimensão metafísica do homem, a sua transcendência,...
tracking img