Eu estou a uma procura do meu trabalho de ciencias sobre ferragem e eu nao consigo resultado nenhum.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1890 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Bolor, mofo, cogumelos, leveduras: Todos estes nomes se referem a mesma entidade biológica: fungos. Não são bactérias como as que causam a amigdalite, nem protozoários como as amebas, nem vermes como as lombrigas; são um tipo de vida extremamente poderosa pois conseguem brotar em paredes feitas com cal, conseguem digerir óleos, conseguem crescer dentro da geladeira, mesmo muito abaixo de zero.Basicamente o que precisam é de umidade, detestam ambientes secos.
Os fungos exercem um papel valiosíssimo na reciclagem dos elementos da natureza, desmanchando (digerindo) praticamente de tudo. Imaginem o que fazem no nosso corpo!
Na pele causam inflamações chamadas genericamente de "impinge" (ptiríase vesicolor), e as micoses dos pés, virilha, e dobras em geral. Causam também inflamações nasunhas, tanto na base (candidíase) como na ponta (escurece e descasca). Na boca são os "sapinhos" (grumos brancos principalmente em crianças), na vagina dão o corrimento esbranquiçado parecendo leite coalhado. Nos órgãos internos podem crescer praticamente em qualquer lugar, desde os intestinos até às meninges, com a ressalva de acontecer isto basicamente com os imuno-deprimidos como na AIDS e nocâncer.

Não é por acaso que nas leis que recebemos no antigo testamento, a regulamentação sobre fungos é a mais extensa entre todas. Fungos nas leis? Exatamente!
A confusão existe basicamente por uma questão semântica: a palavra "lepra" significa mancha.
A doença hanseníase causada pelo micobacterium leprae causa, entre suas diversas manifestações; manchas na pele. Os fungos, além de causaremmanchas na pele, também causam manchas (lepra) nas roupas, sapatos, utensílios e paredes, dependendo do contato que estes tenham com a umidade contínua (Levítico 13 e 14).

Todo o estigma existente com a doença hanseníase deveria, segundo a legislação bíblica ser direcionado aos fungos, talvez à umidade contínua. Desta maneira, seguramente estaríamos livres de muitos males.

Vamos analisar osdetalhes de um destes males que na maioria das vezes nem estamos conscientes: O bolor quando cresce em um canto de parede, geralmente o outro lado da parede do banheiro, no rumo do chuveiro, forma uma mancha escura, que se aumentar fica parecendo com musgo verde. Se olharmos de perto parece algo aveludado, e se tocarmos sobe uma fumacinha (como numa laranja ou pão embolorado). Esta névoa que sobesão os esporos, mais leves que o ar e que permanecem em nebulização (flutuando no ar) no ambiente onde existem estas "lepras".
Ao respirarmos, estes esporos entram nos seios paranasais (frontais, maxilares, etmoidais e esfenoidais) além de entrarem na trompa auditiva (tubo que liga o ouvido ao nariz). Ao entrarem em uma cavidade revestida de pele úmida (mucosa) encontram o meio ideal paracrescer: umidade contínua. Este crescimento cria uma reação do corpo na forma de inflamação na mucosa fazendo-a inchar. Como estas cavidades comunicam-se com o nariz através de pequenos canais, ao incharem tampam estas ligações. Inflamação, bolor crescendo, bolsa (cavidade) fechada, cheia de pus, isto é a sinusite. Aí está uma das razões de sua cronicidade: a reinfecção, pois mesmo que trate e melhore,ao voltar respirar (inalar) os esporos das lepras nas paredes, a infeção se restabelece.

Mas não para por aí, pois além da infeção local (sinusite), os fungos causam reações à distância, através da resposta imune do hospedeiro, ou seja: eles são muito alergênicos (maiores detalhes deste aspecto estão no final deste texto). Assim, aqueles indivíduos que apresentem pré-disposição a alergia, vãoter os sintomas aumentados, ou fazê-los aparecer; um exemplo fácil de compreender é a bronquite. Mas as manifestações alérgicas podem acometer praticamente todos os tecidos do corpo: pele, intestinos, juntas, vasos, etc. Alergia nestes tecidos causam inflamações resultando nos mais diversos sintomas.

Com a sinusite esfenoidal temos um problema a mais: hipofunção hipofisária. A hipófise é...
tracking img