Diversos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4448 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES

Prof. Paulo Roberto Torres Matta
Ano: 2012.


Capítulo 3: Percepção.

Bibliografia:
Comportamento Organizacional. Teoria e prática no contexto brasileiro.
Autores: Stephen P. Robbins; Timothy A. Judge; Filipe Sobral.
Editora: Pearson, São Paulo, 2010.

Comportamento Organizacional. Criando vantagem competitiva.
Autores: John A. Wagner; John R.Hollenbeck.
Editora: Saraiva, São Paulo, 2009.

Fundamentos do Comportamento Organizacional.
Autor: Andrew J. Dubrin.
Editora: Thomson, São Paulo, 2003.

Psicologia e Gestão.
Autores: Estelle M. Morin; Caroline Aubé.
Editora: Atlas, São Paulo, 2009.

Apostilas da Profª Leonor Brandão, Líder da disciplina na UNIP.
COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES

3 Percepção2 Fundamentos da Percepção e sua influência no comportamento: Definição, Processos Perceptivos.


Percepção é o processo pelo qual os indivíduos selecionam, organizam, armazenam e recuperam informações. Os seres humanos dispõem de cinco sentidos pelos quais experimentam o mundo ao seu redor: visão, audição, tato, olfato e paladar. A maioria de nós “confia em nossos sentidos”, mas às vezesessa fé cega pode nos fazer acreditar que nossas percepções são um reflexo perfeito da realidade. As pessoas reagem àquilo que percebem, e suas percepções nem sempre refletem a realidade objetiva. Esse é um problema importante, porque à medida que aumenta a diferença entre a realidade percebida e a objetiva, aumenta também a possibilidade de incompreensão, frustração e conflito.

Percepção é oprocesso pelo qual os indivíduos organizam e interpretam suas impressões sensoriais com a finalidade de dar sentido ao seu ambiente.
O comportamento das pessoas baseia-se em sua percepção da realidade e não na realidade em si.



1. Processos perceptivos

O Processo perceptivo é composto das seguintes componentes:


[pic]







3.1.1.1 Fase de atençãoA maior parte das informações disponíveis é filtrada de forma que algumas entrem no sistema e outras não. Isso é necessário porque os cinco sentidos são bombardeados com muito mais informação do que conseguem processar. Qualquer parcela de informação que for ignorada nessa fase não irá fazer parte de nossa tomada de decisão.

1. A atenção é mais facilmente atraída para objetos ouinformações que confirmam nossas expectativas.

2. A atenção é atraída para objetos ou informações que satisfazem nossas necessidades ou interesses.




3.1.1.2 Fase de Organização

As informações restantes (depois de filtradas na fase de atenção) ainda são muito abundantes e complexas para serem facilmente entendidas e armazenadas. Nessa fase, simplificamos e organizamos mais os dados sensoriaisacessados. Um dos métodos é amassar vários pedaços de informação em uma única peça que possa ser processada mais facilmente.



3.1.1.3 Fase da Recordação



Da mesma maneira que as informações brutas às vezes se perdem no processo de sua organização, também é possível perder informações no processo de armazenagem e recuperação. Nem toda a informação que é recebida e organizada éarmazenada e nem toda a informação que é armazenada pode ser recuperada. Isso pode criar ilusões e erros nas decisões.
As pessoas têm a tendência de julgar a probabilidade de que alguma coisa aconteça pela facilidade com que podem se lembrar de exemplos. Tendemos a superestimar a quantidade de mortes devidas a eventos como desastres aéreos e a subestimar o número de mortes causadas por acidentes detrânsito ou por doenças. Os exemplos de desastres são mais intensos.


3.1.1.4 Reduzindo os Problemas de Percepção

Distorções da percepção
Distorção é o fenômeno pelo qual transformamos a realidade para que ela se adapte a nossa cultura, crença, aos valores e até mesmo às impressões e intenções momentâneas.
Abaixo, algumas distorções de percepção:

• Percepção seletiva – as pessoas...
tracking img