Etica para meu filho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2612 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Trabalho realizado na disciplina de Sociologia da Religião como exigência parcial orientada pelo professor Gedeon Alencar, que pretende ser um síntese da obra: Ensaios de Sociologia, capítulo XIII – As Rejeições Religiosas do Mundo e Suas Direções, sub-capítulo A ESFERA POLÍTICA (páginas 382 à 390). Aula aplicada em sala como parte da avaliação do curso.

REJEIÇÕES RELIGIOSAS DOMUNDO E SUAS DIREÇÕES

De modo esquemático e teórico veremos os motivos dos quais se originou a ética religiosa da negação do mundo e as direções que tomou.
O modelo construído serve apenas, é claro, ao objetivo de oferecer um meio ideal típico de orientação. Não transmite uma filosofia própria. As esferas individuais de valor estão preparadas com uma coerência racional que raramente seencontra na realidade.
As interpretações religiosas do mundo e a ética das religiões criadas pelos intelectuais e que pretendem ser racionais estiveram muito sujeitas ao imperativo da coerência.
A concepção do Deus e Criador supramundano, ou seja, do Deus que é superior ao mundo ou que está fora dele foi especialmente importante para a direção ativa e ascética (alguém que pratica a renuncia aomundo), da busca pela salvação.

Para que possamos compreender melhor as idéias lançadas por Marx Weber devemos primeiramente compreender alguns conceitos citados por ele no texto estudado:

Ascetismo ou asceticismo: É uma filosofia de vida na qual são refreados os prazeres mundanos, onde se propõem a austeridade.
Aquelas que praticam um estilo de vida austero definem suas praticas como virtuosae perseguem o objetivo de adquirir uma grande espiritualidade. Muitos ascéticos acreditam que a purificação do corpo ajuda a purificação da alma, e de fato a obter a compreensão de uma divindade ou encontrar a paz interior. Isto também pode ser obtido com a automortificação, rituais, ou uma severa renúncia ao prazer. Entretanto, ascéticos defendem que essas restrições auto-impostas trazem grandeliberdade em várias áreas de suas vidas, tais como aumento das habilidades para pensar limpidamente e para resistir a potenciais impulsos destrutivos.
Weber vai conceituar o ascetismo ativo, como sendo uma ação desejada por Deus, do devoto que é instrumento de Deus! (pág. 373).
Já o misticismo ele define como sendo uma possessão contemplativa do sagrado e não uma ação, no qual o individuotorna-se um recipiente do divino.
Ascetismo: Busca domesticar o que é da criatura – Controlar e superar a malignidade da criatura na própria natureza do agente.
Misticismo: Busca (se inclina), para fuga do mundo (fuga contemplativa do mundo). O que importa é experiência mística.
Porém não teve a mesma importância para a busca contemplativa e mística, que tem afinidade interna com a despersonalizaçãoe imanência do poder divino. Em outras palavras, aqui o Deus faz parte do mundo e não esta fora dele conforme o conceito de Deus supramundano!
Weber ainda vai dizer que: Judaísmo (Judeus) desenvolveu o misticismo, mas quase nenhum ascetismo do tipo ocidental.
O Misticismo Judaico: É tido como a parte mística do judaismo. Para alguns judeus a Cabala é um estudo dedicado à parte 'mística' daTorá, como acerca dos Anjos ou mesmo a natureza divina de Deus e uma forma de se aproximar deste (como é o Sufismo no Islão). O folclore judaico é vasto contendo estórias sobre rabinos que realizaram milagres até a criação de um monstro, o Golem.
Cabala: (Também Kabbalah, Qabbala, cabbala, cabbalah, kabala, kabalah, kabbala) é um sistema religioso-filosófico que investiga a natureza divina. Kabbalah(קבלה) é uma palavra de origem hebraica que significa recepção.
Folclore Judaico: O Folclore judaico é uma coleção de mitos, lendas e estórias do Judaismo como, por exemplo, Rabinos que entraram no paraíso ainda vivo como é o caso do Rabino Akivá, de seres criados para defender o povo judeu como é o caso do Golem de Praga.

DIREÇÕES DA RENUNCIA AO MUNDO

A renúncia ao mundo, e, do outro, o...
tracking img