Estudos de ossos da face

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1712 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PARTE I - Mandíbula

A mandíbula é um osso ímpar, que articula-se com os dois ossos temporais e que contém a arcada dentária inferior. Consiste de uma porção horizontal, o corpo, e duas porções perpendiculares, os ramos, que se unem ao corpo em um ângulo quase reto.
Portanto, é constituída de três partes:
-ramo
-ângulo
-corpo

*Corpo:
Protuberância Mentual - par de espinhas
ForameMentual - depressão de cada lado da sínfise, dá passagem a vasos e nervo mentoniano 
Linha Oblíqua
Tubérculo Mentual

[pic]

*Ramos:
Processo Coronóide
Processo Condilar (articula-se com o disco articular da articulação temporomandibular - ATM). 
Entre estes dois processos encontramos a incisura da mandíbula.

[pic]

A seguir, coloco mais imagens da mandíbula em outros ângulos:Ântero-superior e Póstero-inferior

[pic]

[pic]



Movimentos da mandíbula:
Abaixamento-elevação (este último volta a origem)
Protrusão-retração (este último volta um pouco antes da origem)
Desvios laterais (para a esquerda e direita)

[pic]

Articulação Temporo Mandibular (ATM)
É a articulção da mandíbula com os ossos temporais, bilateralmente.

[pic]

É legal citar que essa é umaarticulação sinovial, que possui cápsula articular, ligamentos, líquido sinovial, espaço articular e um disco fibroso, porém, não entraremos em detalhes, pois será melhor estudado no capítulo de Sistema Articular.

O importante a saber aqui é que existe um disco fibroso entre o côndilo da mandíbula e a área articular do osso temporal, que permite esses movimentos que citei acima (abaixamento,elevação, protrusão, retração e desvios).

Movimento articular: Abaixamento-elevação

[pic]

Vou tentar explicar sucintamente o que acontece, a nível interarticular, nesse movimento. Acompanhe pelo desenho.
Abaixamento (abertura) da mandíbula: acontece uma rotação do côndilo e um deslizamento para frente. Note que o disco vai junto com o côndilo.
Elevação (fechamento) da mandíbula: é o caminhoinverso, rotação do côndilo com deslizamento para trás (é só olhar a ilustração de trás para frente).

OBS: acredito que pelo desenho não dê para notar uma rotação no côndilo, mas isso acontece sim!

Postado por Juliana às 11:04 Nenhum comentário: 

Alimente os peixinhos!!!

Coloque comida na água clicando com o mouse dentro do aquário.


Postado por Juliana às 10:21 Nenhum comentário: Parte I: Crânio e Face
Divisão:
1 – Crânio:
a) Ossos pares: parietais e temporais.
b) Ossos Ímpares: frontal, etmóide (só na fig 2), esfenóide e occipital.

2 – Face:
a) Ossos pares: nasais, zigomáticos, lacrimais, palatinos (só na fig 2) e conchas nasais inferiores.
b) Ossos Ímpares: vômer (só na fig 2) e mandíbula.

A figura 1 mostra duas ilustrações do crânio, em vista frontal elateral esquerda.
[pic]

A figura 2 mostra uma ilustração do crânio em vista medial.
[pic]

Acidentes Ósseos do crânio:

I - Visão exterior:

a) Vista frontal:
1. Suturas: frontonasal, internasal, nasomaxilar, frontomaxilar, frontozigomática, maxilolacrimal e zigomaticomaxilar.
2. Saliências: arco superciliar, margens supra- orbital e infra- orbital e espinha nasal anterior.
3.Depressões: sutura frontonasal, incisura (ou forame) supra- orbital.
4. Aberturas: órbita, forames infra-orbital e supra-orbital e abertura piriforme.

[pic]

b) Vista lateral:

1. Suturas: frontozigomática, temporozigomática, zigomaticomaxilar, esfeno- escamosa,esfenofrontal, parietomastóidea, coronal, lambdóide, occipitomastóidea e nasomaxilar.
3. Saliências: arco zigomático e processos mastóide eestilóide.
4. Depressões: fossas temporal, infra-temporal e pterigóidea.
5. Aberturas: poro acústico externo.

[pic]

c) Vista inferior:

1. Suturas: palatina mediana, palatina transversa, esfeno-escamosa, occipitomastóidea e lambdóide.
2. Saliências: espinha nasal posterior e do esfenóide, lâminas medial e lateral, processo mastóide, estilóide e pterigóide, côndilo occ ipital,...
tracking img