Estudo dirigido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2896 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


ETEP - FACULDADE DE TECNOLOGIA
DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS







ESTUDO DIRIGIDO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II











ETEP Faculdades
São José dos Campos
2012

1. Introdução
A competição na área de produtos manufaturados cresceu muito, com isso as empresas de todos os setores passaram aenfrentar novos desafios para se manter competitivas. Esse fenômeno decorre de fatores como: globalização, aumento do grau de exigências e sofisticação requerido pelos consumidores, redução do ciclo de vida dos produtos, rápido, avanço tecnológico, entre tantos outros fatores.
A empresa contemporânea para ser competitiva deve melhorar continuamente no sentido de primeiro, alcançar excelentequalidade através do aprimoramento dos processos e produtos, segundo, reduzir os custos de produção mediante a melhora da eficiência produtiva e racionalização dos recursos da manufatura. Desta forma, a superação de tantos fatores que hoje acarretam o desenvolvimento da manufatura faz com que as organizações tenham que evoluir e desenvolver melhorias organizacionais e operacionais, revendo,constantemente, os procedimentos e a forma de gestão, bem como, os processos e os produtos, na tentativa de adequá-los ás necessidades do mercado.
Como forma de melhoria organizacional tem-se a otimização do arranjo físico ou layout, que está diretamente associado a vários fatores relacionados direta ou indiretamente à eficiência produtiva, podendo citar os seguintes: economia de espaço, redução damovimentação e transporte, redução do volume de material em processo, redução do tempo de manufatura, redução de custos indiretos, satisfação do trabalho, incremento da produção, melhor qualidade e flexibilização da produção.






2. Fundamentos do Arranjo Físico
O arranjo físico industrial, que também é chamado de layout, pode ser resumido como o estudo do posicionamento dosrecursos produtivos, máquinas, materiais e homens, ou seja, é a combinação de diversos equipamentos/máquinas, áreas e atividades funcionais dispostas adequadamente. No estudo do arranjo físico industrial é decidido onde colocar cada um destes componentes para que se tenha um melhor posicionamento físico dos recursos de transformação, do fluxo dos produtos bem como da aparência da unidade produtiva. Adefinição do layout costuma ser de longa duração, pois geralmente não se trata de uma atividade fácil de ser executada por envolver todo um processo produtivo de uma empresa, e o projetista deve ter um conhecimento aprimorado do processo, caso contrário, pode levar à insatisfação do cliente ou perdas na produção.
Para se alcançar um melhoramento de um arranjo físico existente o estudo deveprimeiramente buscar encontrar as possíveis deficiências ou descumprimento dos princípios básicos do processo, para então em seguida, munido das informações, procurar corrigi-los. Assim, procura-se com uma nova proposição de espaçamento eliminar as perdas e incrementar a produtividade.
Uma indústria para funcionar de forma eficiente deve ter suas instalações previamente projetadas a fim depermitir um fluxo de pessoas, matérias e equipamentos suave através do sistema.
O estudo do arranjo físico pode ser aplicado a qualquer empresa de grande ou pequeno porte, escritórios, supermercados, bancos, estabelecimentos comerciais, etc.
Alguns dos objetivos do rearranjo físico são:
• Aumento da produção com a redução das demoras e manuseios da manufatura;
•Melhor utilização dos equipamentos;
• Aumento da satisfação no trabalho;
• Melhorar a comunicação e com isso reduzir os riscos para os funcionários.
Na escolha de um layout existem alguns fatores que precisam ser levados em consideração. Alguns dos principais são: material, máquinas, homem, movimentação, espera e serviço. O projeto de um novo arranjo físico deve...
tracking img