Estudo de casos empresariais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1451 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução: Mapas, em geral, podem ser definidos como uma representação gráfica de algum objeto em estudo, como uma região territorial, a vegetação de uma área, a distribuição do clima, demarcação de fronteiras e uniões comerciais, localização de pontos turísticos, ou até mesmo constelações e outros planetas. As primeiras aparições de mapas na história são anteriores à escrita. Eles surgiam dediversas formas em diversas culturas, tornando-se assim não apenas representações gráficas, mas representações de pontos de vistas únicos e identidades culturais de cada um dos povos. Os primeiros mapas a serem encontrados foram por volta do ano 6200 a.C. desenhados em uma parede, na Turquia. Mas outros povos como os egípcios, astecas, babilônios, chineses, e outros, também nos deixaram mapas, cadaum com suas características diferenciadas. Por exemplo, os mapas medievais eram repletos de alegorias, feitos de forma mais artística que exata, por navegadores e monges a mão, sobre pergaminhos. Para que possamos entender os diferentes tipos e características de mapas, é necessário primeiramente diferenciá-lo de dois conceitos parecidos: a carta e a planta. De acordo com a ABNT (AssociaçãoBrasileira de Normas Técnicas), “mapa” é definido da seguinte forma: “Representação gráfica, em geral numa superfície plana e numa determinada escala, com a representação de acidentes físicos e culturais na superfície da terra, ou de um planeta ou satélite.” Por outro lado, “carta” é definida da seguinte forma: “Representação dos aspectos naturais e artificiais da terra, destinada a fins práticos daatividade humana, permitindo a avaliação precisa de distancias, direções e a localização plana, geralmente em média ou grande escala, de uma superfície da terra, subdividida em folha, de forma sistemática, obedecido um plano nacional ou internacional”. Já “planta” é um tipo específico de carta, definido pela ABNT da seguinte forma: “Carta que representa uma área de extensão suficientemente restritapara a sua curvatura não ser elevada em consideração e que, em conseqüência, a escala pode ser considerada constante”. Ou seja, uma planta é uma carta que representa a região sem nenhuma referencia à curvatura da terra, de forma completamente plana. A principal diferença entre o conceito de mapa e carta (e planta, conseqüentemente) é que a palavra “carta” somente pode ser utilizada pararepresentações gráficas dedicadas a fins práticos da atividade humana, como avaliação de distâncias e auxílio na navegação, terrestre ou marítima, enquanto “mapa”, além disso, pode ser uma representação dos mesmos aspectos, mas com a possibilidade de ter fins culturais ou meramente ilustrativos. Desenvolvimento: Mesmo que fossem altamente influenciados por fatores sociais, políticos e econômicos, os mapassurgiram como forma de suprir a necessidade de estabelecer rotas de viagem e definir distâncias. Os fatores mitológicos e religiosos sempre estiveram presentes nos mapas, que tinham como centro, normalmente, símbolos ou cidades de importância simbológica, como o Monte Sumeru dos Budistas, ou Jerusalém, para os cristãos. Além disso, chegou-se ao ponto de muitos povos, por motivos de preocupações com asviagens espirituais aos céus, construírem mapas que os orientassem nestas viagens (por exemplo, os egípcios). Existe um mapa cristão, tido como uma alegoria bíblica do século XV, que representa os continentes conhecidos até então como de filhos de Noé (Sem seria dono da Ásia, Cam seria dono da África e Jafé seria dono da Europa). Mapas podem ser classificados de acordo com vários fatores, como aárea a que se referem (por exemplo, entre mapas terrestres e celestes), a escala (podem representar uma

região pela totalidade ou parcialmente), o tamanho e a finalidade. Em geral, os mapas podem se encaixar em duas grandes categorias: Mapas Físicos e Mapas humanos. Os mapas físicos têm como objetivo descrever características de uma região, sem necessariamente corresponder a região com a...
tracking img