Estudo de caso - escolas fde

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1805 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACUDADE DE TECNOLOGIA ANCHIETA
3º SEMESTRE DE ARQUITETURA E URBANIMO – MATUTINO

ESTUDO DE CASO – INSTITUIÇÃO EDUCACIONAL

CARLOS RENE VIEIRA CABRAL - R.A. 4210802390
ANO 2013


* Escola Estadual Jardim Tatiana, Votorantim, SP


Pátio descoberto junto da praça de acesso.
A escola é destinada ao segundo ciclo do ensino fundamental e ao ensino médio, se localiza entre, asáreas, urbana e rural da cidade, tendo vista para o centro urbano de um lado e do outro a vista para propriedades rurais.
- Pontos positivos: São os pontos positivos, a independência as vedações deixam a estrutura aparente e os ripados de pinho autoclavado, posicionados na face sul, tem a função de organizar e dar unidade ao bloco voltado para a praça de acesso da escola. Além disso, rampas dãoacesso a todos os ambientes da escola explorando o terreno elevado.

A praça de acesso organiza a distribuição no piso inferior. Rampas exploram a localização em terreno elevado
- Pontos negativos: Devido ao terreno irregular, teve que ser retirada uma grande quantidade de terra elevando o custo da obra e rebaixando a quadra, também as janelas foram posicionadas para o lado sul ondesegundo os arquitetos não era o melhor lugar devido a incidência da luz solar, mas sendo o lado mais silencioso fora posicionadas desta maneira e sanado o problema da luz com brises.


Quadra rebaixada a 1,70  em relação ao patamar da escola

- Ficha Técnica: Escola Estadual Jardim Tatiana
Local Votorantim, SP
Início do projeto 2006
Conclusão da obra 2008
Área do terreno 5.300 m2Área construída 3.500 m2
Arquitetura Grupo SP - Álvaro Puntoni, Jonathan Davies e João Sodré (autores); Isabel Nassif e Rodrigo Ohtake (colaboradores)
Coordenação de projeto pela FDE Siméia Pinto
Estrutura Zamarion & Millen e CTC
Instalações Sandretec
Construção Construmik
Fotos Carlos Kipnis
- Plantas/Cortes/Fachadas:

* Escola pública FDE, Itapevi, SP

O acesso principal,que forma uma arquibancada pública
A escola é cercada por conjuntos habitacionais da periferia da zona metropolitana de São Paulo e por restos de mata fechada, devido à topografia irregular uma rua em “S” foi a solução encontrada para facilitar o acesso aos prédios ao redor da escola.
croqui
- Pontos positivos: Devido aos conjuntos habitacionais que cercão a escola os arquitetos facilitaram apassagem de pedestres que cortam caminho pela escola, visto de fora o volume parece maciço. Contudo, o miolo é formado por dois grandes vazios: no centro fica a quadra de esportes, levemente rebaixada em relação ao térreo para alcançar o pé-direito necessário; ao seu lado, isolado por um painel de elementos vazados de concreto, foi implantado um jardim interno, que ajuda a separar o bloco desalas de aulas do restante da escola.
O jardim interno é elemento surpreendente.
- Pontos negativos: No ver dos aquitetos os espaços publicos poderiam ser maiores, mas, as normas da FDE não permitiam a idéia dos mesmos, e devido a topografia irregular o piso da quadra teve que ser rebaixado para possibilitar o pé direito.

- Ficha Técnica: Escola pública estadual
Local Itapevi, SP
Início doprojeto 2006
Conclusão da obra 2008
Área do terreno 4.617 m²
Área construída 3.606 m²
Arquitetura Chão Arquitetos - Fábio Mosaner e Cícero Ferraz Cruz (autores); Suzana Barboza, Vanessa Friso e Fernando Barros (colaboradores)
Projeto estrutural CTC - Francisco de Assis e Silva
Elétrica e hidráulica Sandretec
Sondagem Geométrica
Consultoria Cepollina (fundação); Zamarion e Millen(pré-moldados)
Construção Profac
Fotos Daniel Ducci

- Plantas/Cortes/Fachadas


* Escola FDE, Mauá, SP

A caixa retangular recebeu telha metálica perfurada no sentido longitudinal

No programa de necessidades da FDE seriam 18 salas de aulas, uma quadra poliesportiva e instalações de apoio, como diretoria, administração e lanchonete, entre outras. O terreno destinado ao conjunto...
tracking img