Estudo das cooperativas de catadores de materiais recicláveis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1708 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DAS COOPERATIVAS DE CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS – CORAL ALAGOINHAS - BA

MAGALHÃES, Tâmara Laise (1); MENDES, Verônica

(1)

; SALES, M. J. D. (2)

Resumo O presente trabalho aborda as cooperativas de catadores de materiais recicláveis, enfatizando as vantagens e/ou benefícios adquiridos pelos mesmos a partir de sua associação na cooperativa, na cidade de Alagoinhas-BA. Acooperativa atua no ramo da coleta seletiva desde 2006, porém esse trabalho já vinha de certa forma, sendo feito por catadores autônomos. A geração de resíduos com valor comercial em Alagoinhas é suficientemente grande para que haja expansão e otimização deste serviço, a fim de incentivar e sensibilizar a população para questão do reaproveitamento/reciclagem e a valorização do catador e suaimportância como profissional.

Palavras-chave: cooperativas, catadores Alagoinhas, coleta seletiva. 1. INTRODUÇÃO A grande exigência do mercado de trabalho quanto ao grau de escolaridade tem se tornado fator eliminatório e um obstáculo no acesso daqueles que não possuam o grau mínimo exigido atualmente para conseguir ingressar no mercado formal. Devido a isso, há um notável aumento do número de pessoasque optam por atividades informais, como catadores de materiais recicláveis (Medeiros; Macêdo, 2006). Profissionalmente, o catador tem como função recolher materiais que possam ser reaproveitados, como vidro, alumínio, papéis, garrafas PETs e etc.
(1 )

Estudantes do 5° semestre de Engenharia de Produção – Faculdade Santíssimo Sacramento E-mail: veronica.vms@hotmail.com tamaralaise@live.com (2) M.Sc. em Agroecossitemas e Recursos Naturais – UFS Docente Faculdade Santíssimo Sacramento E-mail: maria_uneb@yahoo.com.br

2 Estudo das Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis/Reaproveitáveis – CORAL Alagoinhas-BA

Na maioria das vezes trabalham em cooperativas coletando esse material periodicamente em residências, empresas e condomínios, ou, até mesmo por conta própria,reduzindo assim a necessidade de se utilizar nova matéria-prima nas linhas de produção. A grande vantagem para o catador ao se associar a uma cooperativa de reciclagem é a garantia de uma renda fixa mensal. Nos grandes centros urbanos onde se encontram em grandes números, costuma ter jornada de trabalho estipulada de oito horas e bonificação extra pela quantidade de material reaproveitável coletada.2. REVISÃO DE LITERATURA

Segundo (GONÇALVES), A consolidação da indústria da reciclagem no Brasil ocorreu nos últimos 25 anos, e desde o seu início teve os catadores como base fundamental. Os recursos tecnológicos para a transformação de resíduos recicláveis em matérias primas já existiam anteriormente, no entanto, foi a força de trabalho barata de catadores que tornou tais tecnologias viáveis,em termos de custos do recolhimento e separação dos materiais recicláveis. (...) Por sua vez, foi em meados dessa mesma década que se iniciaram as primeiras experiências de organização de catadores: durante a década de 1990 foram desenvolvidas várias experiências de cooperativas e associações de catadores no Brasil. Também foram estabelecidas algumas parcerias com o poder público em programas decoleta seletiva municipais. Embora a reciclagem seja uma prática muito recomendada para países pobres e em desenvolvimento, com poucos recursos naturais, passou a ser exigência do mundo moderno em todos os países que se convenceram de que não será mais possível desperdiçar e acumular de forma poluente, materiais recicláveis. (MAGALHÃES et al, 2004) A cada dia, aumenta o número de excluídos que setransforma em catadores de lixo como forma de garantir a sobrevivência. (MAGALHÃES et al, 2004).Ou seja, o surgimento das cooperativas está diretamente relacionado à consolidação da reciclagem no Brasil. A mão de obra dos catadores é peça fundamental para garantir o sucesso de um plano de gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos, e à medida que a geração dos

FSSS

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO...
tracking img