Estudo comparativo entre textos:

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1491 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO DE LÍNGUA PORTUGUESA III































UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

DEPARTAMENTO DE LETRAS












Estudo Comparativo entre textos:

Considerações sobre o estilo, TEXTO DE MATOSO CAMARA & ESTILO COMO “USO” DO SISTEMA: A ESTILISTICA DEMATOSO EM CINCO TESES, TEXTO DE SÍRIO POSSENTI













Relatório elaborado para fins de avaliação parcial da disciplina de língua portuguesa III, solicitado pela professora Fabiana Poças Biondo no curso de Letras em novembro de 2009.


















UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

CENTRO DE CIÊNCIASHUMANAS E SOCIAIS

DEPARTAMENTO DE LETRAS

ÍNDICE




Índice .................................................................................................. 3

Introdução ........................................................................................... 4

Estudo Comparativo........................................................................... 5

............................................................................................................ 6

............................................................................................................ 7

............................................................................................................ 8

Conclusão.......................................................................................... 9

Bibliografia ......................................................................................... 10


















































INTRODUÇÃOEstudo Comparativo entre textos:



• Considerações sobre o estilo, Texto de Matoso Camara

• Estilo como “uso” do sistema: A Estilística de Matoso em cinco teses, Texto de Sírio Possenti

• Considerações sobre a estilística, Texto de Ely Vieitez Lisboa.




Mattoso, logo de início, nostraz a informação de que a estilística era associada a outros conceitos que apreciavam os fenômenos lingüísticos e por isso seria interessante fazer algumas considerações para esclarecer melhor este tema e desfazer possíveis enganos ressaltando em primeiro as diferenças entre “língua”, “fala” (ou discurso”) e “estilo”, em segundo, “língua coletiva” e “língua individual”.

Na introdução doartigo, Possenti nos orienta que o estilo pode ser estudado por diversas abordagens e por isso desperta a atenção de muitos estudiosos, mas que o prestigio desse tema talvez tenha decrescido, e que essa ocorrência pode ter surgido pela associação do estilo com o individual, portanto muito subjetivo e pouco sistemático. Esse autor traça uma conversa com o texto de Mattoso argumentando que este dizque no estudo do estilo há duas vertentes: uma que enfoca o social e outra o individual. Para Possenti, Mattoso deixou de explicar e de fazer a conexão entre o social e o individual, levantando assim uma hipótese: quando um autor consegue explorar a língua de forma peculiar desenvolve um estilo individual, mas que para isso acontecer ele entrou em contato com o que é social.

TantoMattoso quanto Possenti falam de cinco teses referentes à estilística, com a diferença que Possenti faz uma leitura, de forma sintética, sobre as teses de Mattoso, sendo que na primeira, Mattoso critica a forma como Saussure estudou a língua como sistema (langue) deixando de lado o discurso (parole), mas deixa claro que o mestre não separa língua do discurso, pois uma está contida na outra Os autores...
tracking img