ESTUDO BIBLICO - A QUEDA DO MURO DE JERICÓ


LIÇÃO 5 - A CONQUISTA DE JERICÓ
Livro de Josué - As Conquistas e as Promessas do Povo de DEUS

 
 
 
 
TEXTO ÁUREO
"Pela fé, caíram os muros de Jericó, sendo rodeados durante sete dias" (Hb 11.30).
 

 
VERDADE PRÁTICA
Fé em DEUS e obediência aos seus desígnios são virtudes imprescindíveis àqueles que desejam superar todos os obstáculos da vida espiritual.
 

 
 
LEITURABÍBLICA EM CLASSE Js 6.1-5, 15, 16, 20
1- Ora, Jericó cerrou-se e estava cerrada por causa dos filhos de Israel: nenhum saía nem entrava. 2 - Então, disse o SENHOR a Josué: Olha, tenho dado na tua mão a Jericó, e ao seu rei, e aos seus valentes evalorosos. 3 - Vós, pois, todos os homens de guerra, rodeareis a cidade, cercando a cidade uma vez; assim fareis por seis dias. 4 - E sete sacerdotes levarãosete buzinas de chifre de carneiro diante da arca, e no sétimo dia rodeareis a cidade sete vezes; e os sacerdotes tocarão as buzinas. 5 - E será que, tocando-se longamente a buzina de chifre de carneiro, ouvindo vós o sonido da buzina, todo o povo gritará com grande grita; e o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá nele, cada qual em frente de si. 1 5 - E sucedeu que, ao sétimo dia,madrugaram ao subir da alva e da mesma maneira rodearam a cidade sete vezes; naquele dia somente, rodearam a cidade sete vezes. 16 - E sucedeu que, tocando os sacerdotes a sétima vez as buzinas, disse Josué ao povo: Gritai, porque o SENHOR vos tem dado a cidade! 20 - Gritou, pois, o povo, tocan­do os sacerdotes as buzinas; e sucedeu que, ouvindo o povo o sonido da buzina, gritou o povo com grandegrita; e o muro caiu abaixo, e o povo subiu à cidade, cada qual em frente de si, e tomaram a cidade.
 
 
Observações:
A cidade estava fechada tanto para sair como para entrar, provavelmente por grandes portões de madeira, com reforço de ferro.
O número sete quase sempre representa DEUS na bíblia ou o total do que se quer representar, como as sete igrejas do apocalipse, as sete taças, as sete pragas, ossete cavalos, os sete castiçais, etc... (7 dias dura a procissão, 7 sacerdotes levam 7 trombetas, no 7º dia dão 7 voltas).
Josué já havia enviado dois espias para sondarem aquela cidade e suas proteções contra invasão. O povo estava ansioso para ver outro milagre, pois tinham experimentado da travessia do Jordão, tinham se santificado, se circuncidado, participado da ceia e agora estavam a umpasso da primeira grande batalha, mas deveriam apenas assistir "de camarote" o poder de DEUS em ação. É assim, quando estamos em comunhão com o Senhor: Ele ganha as lutas por nós, temos apenas que darmos uma pequena parcela de trabalho, o milagre é Ele que faz. O Príncipe do exército de DEUS estava ali - O poderoso nas batalhas.
A conquista da cidade de Jericó, feita pelo povo de Israel conduzidopor Josué, aparece narrada no cap. 6 do livro de Josué e situa-se cerca de 1400 a.C., quando os israelitas chegaram à Palestina, a Terra Prometida.
A primeira cidade inimiga que encontraram foi Jericó, um centro importante e rico (Js 6,24), rodeado por muralhas altas e poderosas (6,5). No seu interior habitavam os cananeus, com um rei, serviços secretos de inteligência (Js 2,2) e um valorosoexército. Os israelitas, pelo contrário, eram desorganizado de tribos e clãs que vinham a fugir da escravidão do Egito. Como é que poderiam conquistar todo o país, se a primeira cidade já parecia inconquistável?
Nesse momento Deus falou a Josué e explicou-lhe a estratégia que deviam utilizar para vencer e destruir Jericó, exterminando todos os habitantes da cidade. Era um ritual estranho: durante 7dias, marchariam em círculo à volta da cidade, com a Arca da Aliança; os sacerdotes iriam tocando as trombetas, enquanto o resto do povo acompanharia com um solene silêncio; dariam uma volta cada dia e voltariam para o acampamento, no sétimo dia rodeariam sete vezes. (Js 6,15-20).
Esta batalha de Jericó aparece como um acontecimento militar chave para o povo de Israel, uma vez que lhe abriu as...
tracking img