estudante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de agosto de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto


A educação infantil até alguns anos atrás era considerado sem importância no desenvolvimento da criança, porém as discussões sobre esse tema tem aumentado muito nos últimos anos.Hoje sabemos devido as pesquisas cientificas essa etapa como fundamental para a criança no seu desenvolvimento cognitivo,físico,afetivo e social.O contato realizado com o educador transforma a relação deaprendizado da criança que frequenta um ambiente escolar nos seus primeiros anos de vida.Segundo CAMPOS,M(2013,p52).Aprendizagem nos primeiros anos de vida tendem a render bons frutos nas aprendizagens de series posteriores. Ao desenvolver autonomia no processo de aprendizagem a criança desenvolverá interesses próprios e se torna capaz de interferir no meio em que vive.
Segundo Wnnicott, brincar estáalém da diversão do entretenimento: ”As característica do brincar é o prazer”,mas esta atividade só dará prazer se for significada.”A significação do brinquedo depende do uso do símbolo” e, nessa visão o entendimento sobre brincar não deve focalizar apenas o brinquedo em si ,o objeto ou atividade realizada pela criança e sim ,a representatividade da atividade e da brincadeira.Para Winnicott ,aobrincar as crianças quebram as barreiras da sua realidade,e é conduzida a se relacionar com outros grupos e se descobrir como pessoa do meio em que vive.Entender que a brincadeira é um processo de educativo que conduz a criança ludicamente para suas descobertas cognitivas ,afetivas de relação interpessoal e de inclusão social nos leva refletir realmente qual o papel da creche e dos educadoresno desenvolvimento da criança que frequenta a instituição.É necessário que sejam oferecida as crianças um ambiente favorável ao seu desenvolvimento pessoal e emociona .Atualmente a sociedade exige que os profissionais que trabalham na educação infantil entenda de muitas áreas do conhecimento como as novas formas de organização familiar,as mídias e os produto culturais a serem compartilhadosno dia a dia da criança e ajude na construção de uma autonomia,para que aprenda a cuidar de si mesma a ter cuidados de higiene como o simples ato de lavar as mãos antes e depois das refeições e de usar o banheiro,a utilizar talheres sempre sobre o olhar atento do educador.
As instituições de educação infantil têm de garantir às crianças o direito de vivenciar situações acolhedoras,segurae que lhe possibilite se socializar-se e aproximar-se de diferentes linguagens e saberes,pois além de desempenhar o papel pedagógico ,as creches também tem a função social e política ,que é oferecer a todos um começo de vida com igualdade oportunidades.Infelizmente nossa realidade em relação as creches na sua maioria das vezes é completamente diferente,pois muitas das instituições oferecidasnas redes municipais de ensino serve apenas como deposito de crianças que são levadas pelas mães que não tendo com quem deixar os filhos obtam por deixa-los com as “tias”nas creches, em um ambiente adequado que nem oferecem aos seus filhos um local que desenvolva o seu aprendizado e estimule a vivência múltipla .As instalações físicas que também interferem no processo de formação da criançaprecisa ser acolhedor e que seja possível desenvolver brincadeiras lúdicas que venha a desenvolver dois aspectos complementares do mesmo processo na construção do si e do mundo da criança.A creche deve deixar de ser um espaço essencialmente assistencial esse tornar um ambiente de educação criativa onde a criança possa brincar e ao mesmo tempo aprender ,sendo educada e cuidada em toda plenitudedo seu desenvolvimento.Outro ponto importante é a questão do educador que é pouco valorizado tanto no sentido econômico quanto no social,esses profissionais muitas vezes não tem seu valor reconhecido pelo governo e até mesmo pelos “colegas” da área que atuam no ensino médio e principalmente no ensino superior,sendo por muitas vezes considerados por eles como professores que apenas brincam...