Estruturalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3331 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTRUTURALISMO

De acordo com estudiosos e críticos literários, o termo estruturalismo não seria uma escola ou um movimento literário pelo fato de seus autores não estarem presos a nenhuma doutrina específica. Estruturalismo seria um léxico ao qual as ciências sociais recorrem com freqüência. Nessa complicada tentativa de definir e entender o que o termo em questão representa e significa, seriaprudente começar pela definição dada ao
mesmo pelo dicionário da língua portuguesa.


1. Teoria lingüística que considera a língua como um conjunto estruturado, onde as analogias definem os termos.

2. Tendência comum a várias ciências humanas (psicologia, etnologia, etc. ), que visam definir um feito humano em função dumconjunto organizado e dar conta deste último com o auxílio de fórmulas matemáticas.

A primeira definição resume o termo como sendo uma teoria que considera a língua como um conjunto estruturado. Entende-se por estrutura por um sistema abstrato em que os elementos constituintes são interdependentes e que possuem ordenação e dinamismo próprios. O método de análise estruturalista examina as relações efunções desses elementos considerando que não há fatos isolados e sim partes de um todo com
alguma relaçao interna.

O estruturalismo é uma atividade, sucessão de uma certa quantidade de operações mentais. Partindo desse princípio é possível falar em atividade estruturalista cujo objetivo seria reconstituir um objeto de estudo.

O Estruturalismo é uma modalidade de pensar e um metodo deanalise praticado nas ciências do século XX, especialmente nas areas das humanidades. Metodologicamente, analisa sistemas de grandes escala, examinando as relações e as funçõesdos elementos que constituem tais sistemas, que são inumeros variando das linguas humanas e das praticas culturais aos contos folcloricos e aos textos literarios. Partindo da linguistíca e da Psicologia do princípio do séculoXX, alcançou seu apogeu na época da Antropologia Estrutural, ao redor dos anos 1960. O Estruturalismo fez do Frances Claude Levi-Strauss o seu mais celebrado representante, especialmente em seus estudos sobre os indiginas no brasil e na America em geral, quando dedicou-se a “busca de harmonias insuspeitas”

Wilhem Maximilian Wundt

ESTRUTURALISMO

Corrente de pensamento abrangente, asteorias e metodologias estrutualistas foram muito difundidas por acadêmicos das áreas de ciêcias humanas e sociais durante a segunda metade do século 20.

O estrutualismo provém de duas "fontes primárias"; na Psicologia, com conceito de "estrutura da mente "proposto pelo médico, psicólogo e filósofo alemão Wilhelm Maximilian Wundt (1832-1920),  um dos fundadores da psicologia experimental; e naLínguística, por meio de trabalho do filósofo e estudioso da linguagem suíço Ferdinand de Saussure (1857-1913), autor do "Curso de Linguística Geral" (1916).

Na balança de importância, sabe-se que Saussure foi mais decisivo para  a verdadeira "febre estruturalista" nos anos 1950 e 1960.
Grosso modo, os estruturalistas acreditam que é mais importante analisar as estruturas (modo de funcionamento,regras, códigos, regularidades) do que  interpretar fenômenos em si. Não foram só psicólogos e linguistas que utilizaram o estruturalismo em seus livros e pesquisas.
Filósofos, historiadores, sociólogos e antropólogos passaram a analisar seus objetos de estudo a partir da perspectiva estruturalista.
Para citar um exemplo famoso, temos o caso do antropólogo franco-belga Clude Lévi-Strauss (1908-2009), cuja bibliografia inclui os clássicos "Antropologia Estrutural I e II". Nas décadas seguintes ao boom estruturalista, surgiram outras tendências, como pós-estruturalistas.

Quem fala sobre o estruturalismo?
Segue abaixo alguns dos principais nomes do estruturalismo.

Estruturalismo europeu

Ferdinand de Saussure (Genebra, 26 de novembro de 1857 - Morges, 22 de fevereiro de 1913)[1]...
tracking img