Estrutura de mercado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4110 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Economia
Curso: Administração
Turma: 2º A

Acadêmico:
Geisilaine Santana Silva - RA: 4242834435

  

Dezembro/2012

Economia
Professor Andre Penteado
Curso: Administração
Turma: 2º A

Trabalho para abono de faltas.

INTRODUÇÃO

Nesse trabalho serão apresentados estudos e pesquisas baseadas em informações sobre a Estrutura de mercado,Introdução a macroeconomia, O Mercado de bens e serviços, O lado monetário da economia, Inflação e Crescimento e desenvolvimento econômico.

Estrutura de mercado

A partir da demanda e da oferta de mercado são determinados o preço e quantidade de equilíbrio de um dado bem ou serviço. O preço e a quantidade, entretanto, dependerão da particular forma ou estrutura desse mercado, ou seja,se ele é competitivo, com muitas empresas produzindo um dado produto, ou concentrado em poucas ou uma única empresa.
Estruturas de mercado são modelos que captam aspectos inerentes à organização dos mercados, realçando algumas características como: o numero de empresas que compõe este mercado, a diferenciação dos produtos, a transparência do mercado, os objetivos dos participantes, o acessode novas empresas. No mercado de bens e serviços, as formas e mercado, segundo essas cinco características, são as seguintes: concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolística (ou imperfeita) e oligopólio. A diferença entre esses modelos está condicionada ao objetivo ao qual a firma se propõe: maximizar lucros, maximizar participação no mercado, maximizar margem de rentabilidade sobreos custos. Quanto aos seus objetivos, as empresas defrontam-se com duas possibilidades: maximizar lucro e maximizar mark-up (que é a margem entre a receita e os custos diretos de produção). Dentro da teoria neoclássica ou marginalista, o objetivo da empresa é sempre maximizar o lucro total.
Há de se destacar que no estudo microeconômico é analisado as imperfeições observadas no mercado, ondeé possível observar algumas situações em que os preços são determinados através de distorções provocadas em mercados distintos, tais como: monopólios, oligopólios, concorrência monopolista e concorrência perfeita.
MONOPÓLIO
Monopólio é uma condição de mercado caracterizada pelo controle, por um só produtor, dos preços e das quantidades de bens ou serviços oferecidos aos usuários econsumidores. Não há concorrência, nem produto substituto ou concorrente. Estes usuários e consumidores não possuem alternativas senão comprar do monopolista. Isso faz com que o monopolista opere sempre com lucros extraordinários. O preço cobrado pelo monopolista será sempre maior do que em competição perfeita e a quantidade vendida sempre menor.
As causas da existência do monopólio são várias,algumas políticas, outras econômicas e outras técnicas. As principais causas apontadas pela teoria econômica neoclássica são; propriedade exclusiva de matérias-primas ou de técnicas de produção, patentes sobre produtos ou processos de produção, licença governamental ou imposição de barreiras comerciais para excluir competidores, especialmente estrangeiros, o caso do monopólio natural quando o mercadonão suporta mais do que uma única empresa.
Um exemplo da utilidade dos monopólios é o fornecimento de gás canalizado a um centro urbano. O fornecimento de gás aos consumidores por companhias concorrentes, por meio de gasodutos e sistemas de distribuição paralelos, representaria um esbanjamento de recursos em infraestrutura.
O poder monopolista permite que ele tenha uma política dediscriminação de preços voltada para extrair o máximo possível de excedente do consumidor e para aumentar a sua receita total. Para que haja discriminação de preços o mesmo produto tem que ser vendido a diferentes preços para diferentes compradores. O custo de produção é o do monopolista, isto é, o mesmo para todos os produtos vendidos.
A discriminação de preços vai depender da renda dos...
tracking img