Estomas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1148 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTOMAS/OSTOMIAS
Ostomia é um procedimento cirúrgico que consiste na abertura de um órgão oco como, por exemplo, algum trecho do tubo digestivo, do aparelho respiratório, urinário, ou outro qualquer, podendo ou manter uma comunicação com o meio externo, através de uma fístula, por onde pode-se conectar um tubo de inspeção ou manutenção.Em casos de câncer do intestino ou outros problemas em que ointestino e o reto precisam ser parcial ou totalmente extraídos, faz-se um estoma ligando a extremidade do intestino preservado à pele. É normal, nesses casos, a aplicação de uma bolsa de colostomia para o recolhimento de fezes.
Aspecto do Estoma
Nos primeiros dias após a cirurgia o estoma pode ficar edemaciado (inchado). Aos poucos o edema regride. O estoma é vermelho ou rosa vivo semelhanteà mucosa da lesões ou ferimentos. O estoma não tem terminações nervosas, por isso não dói ao ser tocado, no entanto pode apresentar um pequeno sangramento. Caso o sangramento seja contínuo e abundante o médico deve ser imediatamente procurado.
Aspecto das Fezes eliminadas pelos Estomas Intestinais
As principais funções do intestino grosso são absorver a água ingerida e formar as fezes. Areabsorção da água é realizada ao longo de todo o cólon, tornando as fezes mais sólidas na medida em que elas se dirigem para o reto (última porção do intestino grosso). Portanto, o tipo de efluente (fezes) depende do local onde o estoma é realizado:
• Ileostomia: fezes líquidas nos primeiros dias após a cirurgia e pastosas após a readaptação intestinal;
• Colostomia ascendente: fezes semilíquidas nosprimeiros dias após a cirurgia e pastosas após a readaptação intestinal;
• Colostomia transversa: fezes semilíquidas a pastosas;
• Colostomia descendente: fezes pastosas a sólidas (semelhante às fezes eliminadas pelo ânus).
Imediatamente após a cirurgia, o funcionamento do estoma intestinal é irregular podendo eliminar fezes várias vezes ao dia, em diferentes momentos. Na medida em que otempo passa, o estoma funciona de forma mais regular, no entanto, não é possível controlar a saída das fezes.





Exemplos de Estomas:
Colostomia
Consiste na exteriorização do intestino grosso, mais comumente do cólon transverso ou sigmóide, através da parede abdominal, para eliminação de gases ou fezes.
Indicações:
 Desvio do trânsito fecal em intervenções cirúrgicas para tratamentode ferimentos anorretocólicos;
 Desvio do trânsito fecal quando há obstruções do cólon terminal ocasionados por imperfuração anal, neoplasias ou processos inflamatórios (doença de Crohn, retocolite ulcerativa, etc.);
 Como paliativo nos casos de neoplasia inoperável do cólon distal com obstrução do mesmo;
 Amputação abdominoperineal do reto;
 Fístulas reto-vaginais

Diferentes partes dointestino podem se prestar a este tipo de cirurgia, desde o íleo. Contudo, quanto mais superior, pior é a digestão e a absorção de água e nutrientes. Os segmentos mais freqüentemente utilizados, em virtude da mobilidade de seu mesentério, são a porção proximal do cólon transverso, o mais perto possível do ângulo hepático e a porção livre do sigmóide.
A boca da colostomia pode ser terminal (naamputação do reto, por exemplo) ou lateral (na parede do cólon transverso). A colostomia pode ainda ser provisória ou definitiva.


Complicações:
 Irritação cutânea - evitada pelo uso de bolsas e pomadas protetoras, que evitam o contato entre o contato fecal e a pele;
Estenose por abertura insuficiente da parede abdominal;
 Angulação do cólon exteriorizado por passagem sinuosa pelosdiferentes planos da parede abdominal;
 Estenose temporária decorrente do edema da boca cólica;
 Processo inflamatório que ocorre na serosa da alça exteriorizada;
infecção - da pele e/ou subcutâneo, causando celulite pericolostômica;
 Hérnia paracolostômica - particularmente nas colostomias terminais;
 Abertura muito estreita na parede abdominal, causando constrição do coto cólico;
...
tracking img