Este

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1029 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
CURSO BACHARELADO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E
CARTOGRÁFICA








GRASIELE BASTOS MARQUES TEIXEIRA










1 ECONOMIA



2 O PAPEL DAS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS


3 (ONU, FMI, OMC).





1

CAMPUS PAVILHÃO DE AULAS (PAT)















1 Rio de Janeiro/Seropédica

2012Trabalho apresentado ao professor Fernando Castanheiras, ao qual ministra a disciplina Economia, no curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, como sendo uma das avaliações destinada à aprovação nesta matéria.



2






















Riode Janeiro / Seropédica

2012
O papel dos organismos internacionais


A partir do crescimento de transações comercias em nível mundial e do intenso processo de globalização de capitais, mercadorias e da própria produção, que são itens ligados diretamente à dependência dos países, sobretudo, dos pobres em relação aos ricos, surge à necessidade da criação de organismos internacionais e órgãosfinanceiros que possam regular as disparidades econômicas e comerciais existentes no mundo.
Apesar de todos os países às vezes agirem em pleno consentimento ou em conjunto, sempre os desenvolvidos conseguem exercer pressão sobre aqueles de menor desenvolvimento, sobressaindo conforme seus interesses, essa diferença é extremamente elástica.
Diante desses fatores, torna-se relevante a implantação de umaorganização que avalie as relações comerciais e que possa zelar pelo interesse de países que sofrem pressões e que, em vários casos, ficam prejudicados. Também chamados de instituições multilaterais, são entidades criadas pelas principais nações do mundo com o objetivo de trabalhar em comum para o pleno desenvolvimento das diferentes áreas da atividade humana: política, economia, saúde, segurança,etc. Essas organizações podem ser definidas como uma sociedade entre Estado, constituídas por meio de tratados ou acordos, tem a finalidade de incentivar a permanente cooperação entre seus membros, a fim de atingir seus objetivos comuns. Atuam segundo quatro orientações estratégicas:
• Adotar normas comuns de comportamento político, social, etc. entre os países-membros;
• Prever, planejare concretizar ações em casos de urgência (solução de crises de âmbito nacional ou internacional, originadas de conflitos diversos, catástrofes, etc.);
• Realizar pesquisa conjunta em áreas específicas;
• Prestar serviços de cooperação econômica, cultural, médica.


Em 1944, na cidade de Bretton Woods, o Fundo Monetário Internacional (FMI). Esta organização internacional tem como objetivoajudar a resolver situações de desequilíbrios na Balança de Pagamentos dando assistência aos países cujas economias estão em dificuldades, de modo a evitar a adopção de medidas que de certo modo sejam restritivas ao comércio. Os Estados em dificuldades solicitam a concessão de créditos ao FMI, que disponibiliza a sua ajuda financeira através da aplicação de certas “políticas e mecanismos de créditoem função da natureza dos problemas macroeconómicos ou estruturais e também consoantes às modalidades e o grau de condicionalidade”.







A Atual crise e o papel das organizações

Com a falência do banco Lehman Brothers em 2008, que precipitou a atual crise financeira internacional que ainda nos atinge, várias economias sofreram danos graves entrando em declínio acentuado ou até mesmo emsituações de falência técnica em alguns casos.
Nesse contexto, vários países com economias frágeis e contas públicas desequilibradas, foram obrigadas a recorrer ao Fundo Monetário Internacional, no sentido de ultrapassar as dificuldades a que se viam obrigadas a fazer face. São exemplos recentes, os casos da Grécia e da Irlanda, países periféricos da Zona Euro.
Actualmente, fala-se também de uma...
tracking img