Estatistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2429 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

CAPÍTULO II. DISTRIBUIÇÕES DE FREQUÊNCIAS 2.1. Introdução Quando os dados disponíveis ainda não estão organizados, a sua leitura torna-se inviável. É como se estivéssemos perante o mapa de Moçambique na escala de um para um. Estes dados aparecem com valores que algumas vezes se repetem, sugerindo a sua apresentação em quadros onde apareçam somente valores distintos uns dos outros, o quefavorece uma análise e interpretação mais rápida da natureza e comportamento do fenómeno estudado. Vamos agora, com recurso a distribuições de frequências, mostrar passo a passo como organizar e condensar os dados, partindo de dados brutos, passando pela definição do Rol até à construção das tabelas (quadros) de frequências. Uma distribuição de frequências é uma representação estruturada, em quadro(tabela) de frequência, na qual os valores se apresentam em correspondência com as suas repetições, evitando-se que apareçam mais de uma vez. Distinguem-se quadros de frequências de variável discreta e de variável classificada (em intervalos de classe). Os quadros de variável discreta servem para representar apenas variáveis discretas e os quadros de frequência de variável classificada representamtanto variáveis discretas, como variáveis contínuas.

2.2. Quadro de frequências de variável discreta Dispõe-se de dados sobre o número de etudantes de uma turma, sem nenhuma organização prévia. 1 4 0 2 1 3 2 2 1 1 1 3 1 1 3 2 0 1 4 2 0 1 1 2 1 3

Os dados aquí apresentados são individualizadas, daí que a sua leitura não permita retirar conclusões generalizadas. Um quadro de frequência é umpasso importante nesse sentido. A nossa variável é discreta e o seu domínio é de 0 a 4 anos, e poruqe é discreta, sugere-se a sua condensação num quadro de frequências de variável discreta. Para o efeito começamos por colocar os dados em Rol, ou seja, ordenando-os do menor ao maior valor (ordem ascendente). 0 1 0 2 0 2 1 2 1 2 1 2 1 2 1 3 1 3 1 3 1 3 1 4 1 4

Texto de apoio de Estatística I: Ano2010 Por: Firmino Alberto Guiliche

2

A colocação dos dados em rol já permite reconhecr facilmentes o mínimo e o máximo dos valores observados, mas ainda está longe de oferecer uma visão geral da variável em estudo. A construção de um quadro de frequências para este caso, corresponde ao agrupamento dos estudantes em função do número de irmãos que têm. Quadro de frequências (número deestudantes segundo nº de irnãos que possui) Número de irmãos, Xi Número de estudantes 0 3 1 11 2 6 3 4 4 2

2.3. Quadro de frequência de variável classificada O quadro de frequências de variável classificada ou em intervalos de classe serve para representar: 1. Variáveis contínuas, na medida em que podem assumir um número infinito não numerável de valores;

2. Variáveis discretas com um número deobservações muito grande, de modo a se evitar inconvenientes tais como:    Grande extensão do quadro, dificultando a leitura e interpretação dos resultados apurados; Aparecimento de diversos valores da variável com frequência nula ou insignificante; Impossibilidade ou dificuldade de visualização do comportamento do fenómeno como um todo, bem como da sua variação.

Dividir uma variável emintervalos de classe, ou seja, classificá-la, significa segmentar o domínio desta em intervalos, através de valores previamente definidos. O número de intervalos de classe depende da natureza dos dados e da unidade de medida em que estes forem expressos, ou seja é da decisão do investigador. Porém, algumas regras básicas para a construção de intervalos podem ser definidas:  O número de intervalos deverásituar-se entre quatro e catorze;  Nenhuma classe deverá ter uma frequência nula;  Cada observação se enquadra em um, e apenas um intervalo. A partir destas regras por vezes podem ser adoptadas as seguintes soluções:  Número de intervalos, i = 5 para n < 25 e i igual raiz de n para n>=25;  Fórmula de Sturges: k = 1+3,22logn. Texto de apoio de Estatística I: Ano 2010 Por: Firmino Alberto...
tracking img