Estatistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2096 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TRANSLOCAÇÃO NO FLOEMA
-As primeiras plantas habitavam o ambiente aquático
-As plantas iniciaram o processo de exploração de regiões
com menos disponibilidade de água (Terra!!)

-Por pressão do ambiente, as plantas desenvolveram raízes
(absorver água e nutrientes minerais e sustentação da
planta) e folhas [absorver a luz e efetuar as trocas gasosas
(entrada de CO2, saída de vapor de H2O eO2 da folha)]
-Com a especialização de algumas células da planta para
formar os diferentes órgãos (folhas, raízes etc), houve um
distanciamento entre as raízes e as folhas.

TRANSLOCAÇÃO NO FLOEMA
-Como as folhas são órgãos fontes de fotoassimilados e
fitormônios e as raízes são órgãos drenos de fotoassimilados
e, ainda, são unidades de absorção de água, nutrientes
minerais eprodutoras de fitormônios, houve necessidade da
planta de tecidos especializados em transporte.

Xilema: tecido vegetal que transporta água, nutrientes
minerais e açguns fitormônios do sistema radicular para a
parte aérea da planta
Floema: tecido vegetal que transloca os produtos produzidos
pelo processo fotossintético (folhas maduras) para as áreas
de crescimento (folhas novas, frutos emcrescimento, raízes
etc) e armazenamento (órgãos de reserva, como raízes etc).
Ainda, o floema apresenta a função de redistribuição de água
e vários outros compostos na planta

Na planta, têm-se duas rotas de longa distância
Xilema
Floema

Floema: encontrado

tecido vascular primário
tecido vascular secundário
Elementos crivados: conjunto de células que conduzem os
açúcares e materiaisorgânicos através do corpo da
planta.

Elemento de tubo crivado:

é a unidade dos elementos crivados

Célula crivada:

é o “elemento de tubo crivado” das giminospermas. É a
unidade do floema

Alem dos elementos crivados, o floema possui um conjunto
de células que “apoiam” os elementos crivados,
denominadas de células companheiras.
Existem outros conjuntos de células que acompanham ofloema:
células parenquimatosas
Fibras
vasos laticíferos [extremamente importante em algumas
espécies de plantas (cerca de 12.500 espécies, maioria
dicotiledôneas). Nestes conjuntos de vasos circulam o látex,
rico em pectinases, carboidratos, ácidos orgânicos,
alcalóides,
terpenos,
resinas,
borracha,
enzimas
proteolíticas (papaya) e alguns óleos combustíveis
(sesquiterpenos).
Função:sistema
protetor
da
planta
contra
microrganismos e herbívorios e pode ter uma importante
função
nas
relações
hídricas.
Exemplo
clássico:
seringueira!!!

IMPORTANTE:
somente o elemento de tubo crivado está envolvido
diretamente na translocação da seiva do floema !!!
INÍCIO DOS ESTUDOS COM O FLOEMA:
Anelamento:
não afeta a transpiração
transporte de açúcar é bloqueadoaçúcares acumulam na parte superior do tronco/ramo
açúcares reduzem a concentração na parte inferior
Manson e Maskell: (1928)
o açúcar é transportado na “casca”
os elementos crivados são canais celulares que
transportam o açúcar

Transporte
Transporte no floema e a prática do anelamento de caules e galhos
Floema em caules e galhos: localizado mais externamente ao xilema

Acumulação deaçucares
na parte superior: redirecionamen
da seiva do floema
Anelamento de um caule:
Bloqueio do transporte
no floema

- Indução da floração
- Indução do enraizamento

Métodos de estudo do floema:
Ferimentos
Uso de afídeos (pulgões)
Experimentos mais sofisticados: utilizaram o carbono
marcado 14C
14CO
2

-

auto-radiografia
Fig. 10.4

Elementos crivados são células vivasaltamente
especializadas na translocação
Com a maturidade, o elemento de tubo crivado apresenta
modificações:

Perdem:

núcleo;
tonoplasto,
microfilamentos,
aparelho de golgi e ribossomos

Mantém:

mitocôndria, retículo endoplasmático
Não possuem: paredes lignificadas

microtúbulos,

Dimensões
dos poros:
1μm a 15μm

Em caso de ferimento e outro tipo de estresse:
Deposição...
tracking img