Esquizofrenia e psicopatia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (635 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Esquizofrenia - É uma doença mental que se caracteriza por uma desorganização ampla dos processos mentais. É um quadro complexo apresentando sinais e sintomas na área do pensamento, percepção eemoções, causando marcados prejuízos ocupacionais, na vida de relações interpessoais e familiares. Começa no final da adolescência ou início da idade adulta antes dos 40 anos. Até hoje não se conhece nenhumfator específico causador da Esquizofrenia. Há, no entanto, evidências de que seria decorrente de uma combinação de fatores biológicos, genéticos e ambientais que contribuiriam em diferentes grauspara o aparecimento e desenvolvimento da doença.
Os sintomas da doença variam de paciente para paciente, sendo uma combinação de diferentes graus, como por exemplo: Delírios, alucinações, discurso epensamento desorganizado, expressão das emoções e alterações de comportamento.
Para fazer o diagnóstico, o médico realiza uma entrevista com o paciente e sua família visando obter uma história de suavida e de seus sintomas o mais detalhada possível. Além de fazer o diagnóstico, o médico deve tentar identificar qual é o subtipo clínico que o paciente apresenta, os principais subtipos são:Paranoide (predomínio de delírios e alucinações); Desorganizada ou Hebe frênica (predomínio de alterações da afetividade e desorganização do pensamento); Catatônico (alterações da motricidade); Simples(diminuição da vontade e afetividade, empobrecimento do pensamento, isolamento social); Residual (estágio crônico da doença com muita deterioração e pouca sintomatologia produtiva).
As medicaçõesantipsicóticas ou neurolépticos são o tratamento de escolha para a esquizofrenia. Elas atuam diminuindo os sintomas (alucinações e delírios), procurando restabelecer o contato do paciente com a realidade;entretanto, não restabelecem completamente o paciente. As medicações antipsicóticas controlam as crises e ajudam a evitar uma evolução mais desfavorável da doença. Em geral, as drogas antipsicóticas...
tracking img