Espectrofotometria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2218 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
– FAHESA –
Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína.
Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos Ltda.
Curso de Farmácia Generalista
Disciplina : Química Analítica
Professor: Hebert Lima Batista


EspectrofotometriaAraguaína/TO
Maio/2011
Jandevan Pereira da Silva Junior

Espectrofotometria

Trabalho apresentado à disciplina: Química Analítica do curso de Farmácia Generalista 3º período do ITPAC/FAHESA, sob orientação do Professor: Hebert Batista.

Araguaína/TO
Maio/2011Espectrofotometria

No intuito de caracterizar a natureza e determinar a composição de amostras de diferentes origens, em termos de elementos, espécies ou agrupamento de átomos ou moléculas, diversas técnicas analíticas foram desenvolvidas, graças à evolução dos instrumentos de medida e da eletrônica.
Dentre os métodos analíticos utilizados na Química Analítica encontra-se a espectrofotometria,um processo de medida que, basicamente, emprega as propriedades dos átomos e moléculas de absorver e/ou emitirem energia eletromagnética em uma das regiões do espectro eletromagnético. É fundamentada na lei de Lambert-Beer, que é a base matemática para medidas de absorção de radiação por amostras, em um dos estados fundamentais da matéria, nas regiões ultravioleta, visível e infravermelho doespectro eletromagnético.

Propriedades da Luz
Quando se incide um feixe de luz branca, policromática, sobre um prisma, observa-se sua fragmentação em diferentes cores, correspondentes a determinados comprimentos de onda. A espectrofotometria identifica e quantifica inúmeras substâncias em soluções coloridas através da região “visível”, porção do espectro eletromagnético compreendida entre 380 e780nm.
O processo fundamental da espectrofotometria é a absorção de determinada quantidade de energia, proveniente da transição de um estado menos energético para outro de maior energia. A absorção é diretamente relacionada à freqüência da radiação eletromagnética que causa a transição.
Para serem identificados no espectrofotômetro a luz deve ser formada por apenas um comprimento de onda, sendo,portanto monocromática. Para atingir tal objetivo utiliza-se prismas, capazes de separar as diferentes cores do espectro, e ainda, as redes de difração, que constituem um fino engradado impresso em plástico ou vidro, que difrata a luz, dispersando os diferentes comprimentos de onda. A relação existente entre a luz emergente e a luz incidente é denominada transmitância, sendo o valor máximo deemersão de 100%. Assim qualquer solução que absorva energia terá transmitância inferior a 1.

Espectro visível da luz de uma lâmpada difratada por um prisma:
(a) esquema e (b) fotografia.

Exemplo de difração de luz produzida na natureza.
Radiação Eletromagnética
Será denominada radiação eletromagnética o feixe proveniente de uma fonte emissora (lâmpada). Nos espectrofotômetros de absorção estasfontes são lâmpadas que emitem feixes na região do espectro denominada óptica. Por isto dão lugar à chamada espectroscopia óptica. Se a fonte emitir na região do visível, a radiação é conhecida como luz.
A fonte de radiação (comumente chamada de lâmpada) ideal para um espectrofotômetro é aquela que apresenta uma intensidade aproximadamente constante em toda faixa de comprimento de onda deoperação, com pouco ruído e longo período de estabilidade. Em função do fato que um único tipo de lâmpada não satisfaz todas estas condições, os espectrofotômetros para absorção têm, normalmente, dois tipos de fontes. As fontes que são comumente usadas nos espectrofotômetros que operam na região espectral do UV-Vis são: as lâmpadas de deutério (tempo de vida: 1.000 h), para excitação na região do...
tracking img