Espectofotometria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA - UEFS
DEPARTAMENTO DE EXATAS
DISCIPLINA: QUÍMICA ANALÍTICA
CURSO: ENGENHARIA DE ALIMENTOS

ESPECTROFOTOMETRIA DE ABSORÇÃO MOLECULAR



ENNE CAROLINNE AMORIM SANTOS
KLEYSE MIRELLE DE OLIVEIRA VIEIRA SANTANA


Feira de Santana - Ba
Agosto de 2011
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 2
2. OBJETIVO 4
3. JUSTIFICATIVA5
4. MATERIAIS E MÉTODOS 6
5. RESULTADOS E DISCUSSÃO 8
6. CONCLUSÃO 11
7. ANEXO 1 12
8. ANEXO 2 13
9. BIBLIOGRAFIA 14

1. INTRODUÇÃO

O conhecimento da absorção de luz pela matéria é a forma mais usual de determinar a concentração de compostos presentes em solução. A maioria dos métodos utilizados em bioquímica clínica envolve a determinação espectrofotométrica de compostos corados(cromóforo) obtidos pela reação entre o composto a ser analisado e o reagente (reagente cromogênico), originando um produto colorido. Os métodos que se baseiam nesse princípio são denominados métodos colorimétricos, os quais geralmente são específicos e muito sensíveis. A grande vantagem em utilizar compostos coloridos deve-se ao fato de eles absorverem luz visível (região visível do espectroeletromagnético).
A espectrofotometria — medida de absorção ou transmissão de luz — é uma das mais valiosas técnicas analíticas amplamente utilizadas em laboratórios de área básica. Por meio da espectrofotometria, componentes desconhecidos de uma solução podem ser identificados por seus espectros característicos ao ultravioleta, visível, ou infravermelho.
Quando um feixe de luz monocromáticaatravessa uma solução com moléculas absorventes, parte da luz é absorvida pela solução e o restante é transmitido. A absorção de luz depende basicamente da concentração das moléculas absorventes e da espessura da solução – caminho óptico (Figura 1.1).

A intensidade da cor de uma solução é proporcional à concentração das moléculas absorventes de luz. Quanto mais concentrada for a solução, maior seráa absorção de luz. Por outro lado, a cor da solução é determinada pela cor da luz transmitida.
Lambert (1870) observou a relação entre a transmissão de luz e a espessura da camada do meio absorvente. Quando um feixe de luz monocromática, atravessava um meio transparente homogêneo, cada camada deste meio absorvia igual a fração de luz que atravessava, independentemente da intensidade da luz queincidia. A partir desta conclusão foi enunciada a seguinte lei: "A intensidade da luz emitida decresce exponencialmente à medida que a espessura do meio absorvente aumenta aritmeticamente”.
Beer em 1852 observou a relação existente entre a transmissão e a concentração do meio onde passa o feixe de luz. Uma certa solução absorve a luz proporcionalmente à concentração molecular do soluto que nelaencontra, isto é, " A intensidade de um feixe de luz monocromático decresce exponencialmente à medida que a concentração da substância absorvente aumenta aritmeticamente ".
As leis de Lambert-Beer são o fundamento da espectrofotometria. Elas são tratadas simultaneamente, processo no qual a quantidade de luz absorvida ou transmitida por uma determinada solução depende da concentração do soluto eda espessura da solução.
Nem todas as reações colorimétricas seguem a lei de Lambert-Beer, sendo esta válida para condições restritas, em que:
* A luz utilizada é aproximadamente monocromática;
* As soluções a serem analisadas estejam diluídas (baixas concentrações);
* Não devem estar presentes na mesma solução mais de uma substância absorvente de luz;

2. OBJETIVO

Determinar aconcentração de ferro em amostra de vinho branco suave utilizando-se a técnica de espectrofotometria molecular tendo como agente complexante a ortofenantrolina.

3. JUSTIFICATIVA

O ferro presente no vinho provém em parte da uva, da terra e do contato com materiais e produtos usados na vinificação. O ferro pode contribuir para a instabilidade do vinho assim como influenciar na turvação e...
tracking img