Esgoto belo monte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

BRUNO SILVA CASTRO
JACQUELINE BUBNA HIRAYAMA

SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE BELO MONTE

BRASÍLIA
2012

BRUNO SILVA CASTRO
JACQUELINE BUBNA HIRAYAMA

SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE BELO MONTE

Trabalho de Conclusão de Curso para obtenção do título de graduação em Engenheiro Civil apresentado à Universidade Paulista– UNIP.

Orientador:

BRASÍLIA
2012

BRUNO SILVA CASTRO
JACQUELINE BUBNA HIRAYAMA

SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE BELO MONTE

Trabalho de Conclusão de Curso para obtenção do título de graduação em Engenheiro Civil apresentado à Universidade Paulista – UNIP.

Aprovado em:

BANCA EXAMINADORA

___________________________________/___/___
Prof. Nome do Professor
UniversidadePaulista – UNIP
___________________________________/___/___
Prof. Nome do Professor
Universidade Paulista – UNIP
___________________________________/___/___
Prof. Nome do Professor
Universidade Paulista – UNIP

LISTA DE ILUSTRAÇÕES

Figura 1 - Fotos do Povoado e da Travessia
Figura 2 - Sistema de Esgotamento Sanitário 28

LISTA DE TABELAS


Tabela 1: Principais Parâmetros deProjeto, 14
Tabela 2: Principais características do Efluente da ETE, 15

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

EIA – Estudo de Impacto Ambiental

LISTA DE SÍMBOLOS

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 10
2 OBJETIVO 14
2.1 Geral 14
2.2 Específico .......14
3 JUSTIFICATIVA 15
4 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 16
4.1 Introdução 16
4.2 Sistemas de esgotamento 17
4.3 Sistemas de coleta e transporte deesgotos 17
4.4 Sistema unitário 17
4.5 Sistema separador 17
4.6 Sistema separador do tipo convencional 17
4.7 Sistema separador alternativo 17
4.8 Localização das tubulações 17
5 CARACTERIZAÇÃO DE BELO MONTE 19
5.1 Localização do povoado 17
5.2 Uso e ocupação 17
5.3 Estudo de população 17
5.4 A usina de Belo Monte 17
6 SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO 29
6.1 Estudo de demandas 29
6.2 Aconcepção do sistema 29
7 DESCRITIVO GERAL DO SISTEMA COLETOR DE ESGOTO 32
7.1 Os critérios de projeto do sistema coletor de esgoto 29
7.2 Rede coletora 29
7.3 Poços de visita 29
7.4 Recuperação das áreas degradadas 29
7.5 Elevatórias e linhas de recalque 29
8 DESCRITIVO GERAL DA UNIDADE DE TRATAMENTO DE BELO MONTE 32
8.1 PROCESSO DE TRATAMENTO 32
8.2 TRATAMENTO PRELIMINAR 32
8.3PENEIRA ESTÁTICA 33
8.4 DESARENADOR 33
8.5 TRATAMENTO ANAERÓBIO 33
8.6 TRATAMENTO AERÓBIO 35
8.7 RETORNO E DESCARTE DE LODO 38
8.8 CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO 39
8.9 CONDIÇÕES DE INÍCIO DE OPERAÇÃO 39
9 CONCLUSÕES....................................................................................41
10 REFERÊNCIAS 42

INTRODUÇÃO

A água é utilizada em inúmeras atividades do cotidiano daspessoas, como lavar roupa, tomar banho, esta água residual contém impurezas. Dependendo dos hábitos da população, os resíduos produzidos podem sofrer variações, mas normalmente são uniformes. É nesse processo que a água se torna esgoto.
A correta disposição dos esgotos é fundamental à proteção da saúde pública e do meio ambiente. As doenças, que são inúmeras, podem ser transmitidas pela falta detratamento adequado de esgoto sanitário (NUVOLARI, 2003). Segundo a FUNASA (2004), sob o aspecto sanitário, o destino adequado dos dejetos humanos, visa, fundamentalmente, aos seguintes objetivos:
• Evitar a poluição do solo e dos mananciais de abastecimento de água;
• Evitar o contato de vetores com as fezes;
• Propiciar a promoção de novos hábitos higiênicos na população;
• Promover oconforto e atender ao senso estético.

Já sob os aspectos econômicos, os objetivos do destino adequado do esgoto sanitário são (FUNASA, 2004):
• Aumentar a vida média do homem, pela redução da mortalidade em conseqüência da redução dos casos de doença;
• Diminuir as despesas com o tratamento de doenças evitáveis;
• Reduzir o custo do tratamento de água de abastecimento, pela prevenção da...
tracking img