Escola da ponte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (278 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Em sua visão de educador, Rubem Alves expressa a grande paixão que sente pela Escola da Ponte, localizada em Portugal. A paixão foi à primeira vista. Descreve comdetalhes seu encanto pela forma como as crianças aprendem e interagem entre si, o funcionamento da escola, como as disciplinas são dispostas, como a democracia épresente. A verdadeira escola dos “sonhos”. Lá não se tem turmas, nem os alunos são separados por classes. Os professores não dão aulas com giz e lousa, não se temprovas nem notas. Isso não quer dizer que não há aprendizagem. Os alunos reúnem-se em grupos de seis pessoas em torno de um tema de interesse comum. É convidado umprofessor para ser o assessor. “Os professores não são aqueles que conhecem os saberes. São aqueles que sabem encontrar caminhos para eles”. Eles ensinam e aprendemjuntos. São os mediadores do conhecimento.
“Cada criança é única, com seus próprios sonhos, ritmos e interesses. A escola não pode destruir essa criança paramoldá-la a uma “forma”. O objetivo da escola é criar um espaço em que cada criança possa pensar os seus sonhos e realizar aquilo que lhe é possível, no ritmo quelhe é possível.
Aprender é muito divertido. Cada objeto a ser aprendido é um brinquedo. Pensar é brincar com as coisas. Brincar é coisa séria. Assimbrincar é a coisa séria que é divertida.
O maior prêmio para um professor é quando os alunos se tornam amigos dele. Um verdadeiro professor nunca sofre desolidão.
A Escola da Ponte nos mostra um mundo novo em que crianças e adultos convivem como amigos na fascinante experiência de descoberta do mundo.
tracking img