Erosoes lineares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2167 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

“JÚLIO DE MESQUITA FILHO”

Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE)

Campus de Rio Claro

















Engenharia Ambiental



SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO ESTUDO DE EROSÕES LINEARES













Docente: Profª Dra. Paulina Setti RiedelNome: Flávia Moretto Paccola RA: 209001104

Mariana Furlan Pratti 209001111

Thaís Barbis 209001119





Data: 31/10/2012




I. INTRODUÇÃO



Erosão é umapalavra que se orginou do latim erodere, e significa erodir. A erosão é um fenômeno natural decorrente da desagragação ou desgaste dos materiais constituintes da crosta terrestre pela ação de agentes exógenos ou também chamados de agentes erosivos. As partículas que compõe o solo se desagregam pela ação conjunta da água, vento, gelo e de organismos vivos e são transportadas do seu local de origematé áreas mais baixas do terreno, onde são novamente depositadas.



Os processos erosivos influenciam diretamente as características assumidas pela feição e podem ser classificados em: erosão pluvial (ação das chuvas), erosão fluvial (ação das águas dos rios), erosão por gravidade (movimentação de rochas pela força da gravidade), erosão eólica (ação dos ventos), erosão glacial (ação dasgeleiras), erosão química (alterações químicas no solo) e erosão antrópica (ação do homem).




A erosão hídrica, enfoque deste trabalho, é provocada pela chuva e pelo escoamento superficial da água, é gerada pelo impacto das chuvas que resulta na desagregação das partículas e seu carregamento por escoamento superficial e posterior depósito. Esta é um dos principais agentes erosivos e pode serintensificada pela ação antrópica ou pelos processos naturais.




O escoamento superficial influencia diretamente o tipo de erosão que pode se desenvolver, que podem ser de dois tipos: a erosão laminar é gerada pelo escoamento difuso da água, provocando uma remoção progressiva e uniforme dos horizontes dos solos. A linear, por um aumento da concentração das linhas de fluxo das águas, que escoampela superfície provocando incisões na superfícies, em forma de sulcos, ravinas ou voçorocas.




Os sulcos (Figura 1) são originados pela concentração do fluxo de água em caminhos preferenciais, que arrastam partículas, podendo tornar-se ainda mais profundos. As ravinas (Figura 2) por sua vez, possuem forma retilínea, alongada e estreita e são consideradas um aprofundamento do sulco,originadas apenas pelo escoamento superficial concentrado de água, onde ocorre o desprendimento do material de taludes laterais que provocam um alargamento na feição erosiva que pode atingir vários metros.




Por fim, as voçorocas (Figura 3) se caracterizam por serem mais ramificadas e apresentarem paredes irregulares, adiquirindo uma forma em “U”. A combinação da ação do escoamento superficial coma movimentação da água na subsuperfície, o que ocasiona uma aceleração e um aumento na complexidade do processo. Podem ocasionar o chamado “pipping” que se caracteriza por ser uma erosão interna, que resulta na formação de voçorocas pelo conseqüente desabamento das camadas superiores em um curto espaço de tempo, liquefação de areias, corridas de areia, escorregamentos entre outros.



Alémdisso, as erosões lineares, assim como os demais tipos de processos erosivos podem ser agravadas por alguns condicionantes naturais, sendo eles:

• Chuva

• Relevo

• Cobertura vegetal

• Tipos de solo

• Substrato rochoso

• Ação antrópica

Tais fatores inteferem diretamente na morfologia do relevo, dinamizando ainda mais seus processos e contribuindo para...
tracking img