Ergonomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ – FUNEMAC
FACULDADE PROFESSOR MIGUEL ÂNGELO DA SILVA SANTOS






Análise Ergonomica no Ambiente de Trabalho: Marcenaria










Professora: Claudia Alyne – T 608
Andressa Silva de Lima (5º – EP)






MACAÉ, RJ
JUNHO DE 2011
1. Apresentação da empresa


Este trabalho tem o objetivo de apresentar aspectos ergonômicos deuma empresa de marcenaria situada no 2º Distrito de Cabo Frio.
A marcenaria analisada possui trabalhadores com idades variando entre 19 e 50 anos. A empresa possui apenas 5 trabalhadores, portanto se enquadra como microempresa possuindo menos de 9 funcionários.
Quanto à matéria-prima, a empresa utiliza madeira maciça de espécies diversas e MDF (“médium density fiberboard”).A empresa possui duas entradas, sendo uma para os funcionários e uma para os materiais, com isso facilita o transporte dos móveis, evitando com que aconteça algum acidente relacionado com a carga e descarga dos materiais e os funcionários.


2. Perfil dos trabalhadores


Os trabalhadores consideraram todos os trabalhos realizados na marcenaria como perigosos e de elevados riscos. Otempo de trabalho dos funcionários na empresa é de 4 a 6 anos. Do total de trabalhadores, 2 possuíam ensino médio completo, 2 o ensino fundamental incompleto e 1 era analfabeto (não sabia ler e nem escrever), portanto a pesquisa foi realizada com apenas 4 dos 5 funcionários. Dos trabalhadores, 3 mostraram gostar da profissão e apenas um por falta de oportunidade, trabalhava para poder pagar osseus cursos.
A jornada de trabalho diária eram de 10 h a 12h, 6 dias por semana. As pausas feitas não eram programadas, sendo feitas a gosto de cada trabalhador, a única pausa era feita na hora do almoço (das 12 às 13 h). Não possuía local apropriado para as refeições, assim sendo feitas no próprio local de trabalho, não estando devidamente limpos.
A média diária de sono foi de 7horas. A maioria afirmou que o período de sono era suficiente para o descanso. Apesar, do recomendado por pesquisadores da área de saúde ser de no mínimo 8 h de sono.
Os trabalhadores relataram não ter nenhum problema de saúde devido as suas atividades, mas o contato todo dia com tanta poeira pode vir a surgir diversos tipos de problemas de saúde.
Os trabalhadores consideraramimportante o treinamento para exercer sua profissão, para que não haja acidentes no ambiente de trabalho. No entanto, nenhum deles fazem cursos para aperfeiçoamento.
O uso de EPIs foi considerado importante pelos trabalhadores. No entanto, eles utilizavam apenas máscaras (figura 1) e óculos (figura 2), sendo necessário a utilização de protetores auriculares já que o ambiente apresenta alto nívelde ruídos derivados das máquinas.


[pic] [pic]
Figura 1. Óculos Figura 2. Máscara






Apenas um funcionário se acidentou nesses anos de trabalho que foi devido ao descuido durante a execução do trabalho, foi um pequeno corte no polegar com a serra fita.


Recomendações:


Aempresa deveria propor um número maior de intervalos de descansos, já que a jornada de trabalho é de 10h a 12h e os serviços são executados a maioria em sua posição em pé e curvados sobre o material (figura 3), causando um desgaste físico muito grande aos funcionários. Dispor um espaço com entretenimentos, ginástica laboral, um ambiente adequado para se fazer as refeições e os lanches, para queseja amenizada um pouco a tensão do trabalho sobre os funcionários.


[pic][pic]
Figura 3. Exemplos de posturas de execução do trabalho


Disponibilizar cursos de treinamento e cursos que ensinam a postura correta que os trabalhadores devem adotar para cada atividade.
As madeiras são empilhadas no chão, tendo assim o trabalhador que fazer maior força para...
tracking img