Equovida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1417 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONSIDERAÇÕES GERAIS |

 Censo demográfico realizado pelo IBGE no país em 2000, identificou 24,5 milhões de pessoas que possuem algum tipo de deficiência ou limitação nas atividades cotidianas. Segundos dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), em cada 100 habitantes, dez são pessoas com deficiência e/ou necessidades especiais. Sendo assim, o objeto deste projeto é aumentara relação com as organizações governamentais e não governamentais que dispõem a atuar como parceiros nesse processo de inclusão social e formação da cidadania.     
Para muitas pessoas, animais são apenas animais, mas, para quem precisa, eles podem representar a sobrevivência. Um bom exemplo de animais que podem fazer o bem são os cavalos. Pessoas com necessidades educativas e especiais usamesse quadrúpede para tratamentos de diversos problemas de saúde. Trata-se da Equoterapia.

Método terapêutico que possibilita a reabilitação física, psicossocial, psicológica e educacional. Esse tratamento será oferecido de forma gratuita pelo Rancho Canabrava localizado na Chácara 46 Núcleo Rural Sobradinho, para crianças portadoras de necessidades especiais da mesma cidade e queestejam devidamente matriculadas em seu Centro de Ensino Especial. O período de tratamento individual é variável, mudando de uma pessoa para outra de acordo com as necessidades da cada pessoa, porém este projeto será estruturado para ter duração de 02(dois) anos.

A cidade de Sobradinho tem grande necessidade para que o projeto EQUOVIDA ali seja implantado. O Centro de Ensino Especial temmatriculados 30 alunos com necessidades especiais que precisam de melhor qualidade de vida e um tratamento adequado para cada deficiência com o intuito de ajudar no melhor desempenho dos pacientes. Sobradinho que está localizado a 22 quilômetros do Plano Piloto, quer se transformar na capital brasiliense da equoterapia.
Para conseguir uma das vagas, é necessário que o aluno estejamatriculado neste Centro de Ensino Especial e que passe por uma avaliação psicológica e fisioterápica, na qual será diagnosticada a necessidade de tratamento.
O trabalho será realizado por duas equipes com objetivos definidos: Equipe de Apoio (auxiliares e monitores) com a função de preparar o local das sessões de equoterapia bem como preparar os cavalos, atuando como auxiliar–guia e auxiliar–lateral eEquipe Interdisciplinar, composta por profissionais da área de saúde, educacional e equitação, com a função de elaborar o plano terapêutico, as avaliações e registros bem como conduzir os trabalhos nas sessões
Ao ingressar no Rancho Canabrava com esse encaminhamento advindo da coordenação pedagógica do Centro Especial de Sobradinho, será feita outra avaliação para que se possaverificar que tipo de estímulo o paciente precisa e sua condição física e mental. Essa avaliação contará com apoio da Psicóloga e Bacharel em Educação Física RAFAELA RAMIREZ MARQUES que se dispôs a atuar voluntariamente no projeto EQUOVIDA. “Venho trabalhado com crianças especiais a muito tempo, tenho o comprometimento com uma causa social de tamanha responsabilidade e compreendo a necessidade dessascrianças em se ter um tratamento tão importante ” explica.
Logo em seguida será escolhido o cavalo que melhor se adeque ao paciente, para que seja trabalhada a área desejada: motora, social, de linguagem ou afetiva.
Sensibilizado, Paulo Canabrava tem consciência de que será um trabalho conduzido de maneira séria, responsável e profissional, o que fará com que o projeto EQUOVIDA tenhaem Sobradinho, um padrão respeitável. Paulo Canabrava é pai de Antonia Canabrava, aluna do Centro Especial de Sobradinho.
As sessões, que acontecerão em dois dias semana (terças e quintas) contará com animais de porte médio e mansos, cedidos pelo patrocinador do projeto Paulo Canabrava e as seções durarão cerca de trinta minutos sendo realizadas no período da manhã, monitoradas...
tracking img