Equilibrio quimico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8870 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
VALE DO JEQUITINHONHA: A REGIÃO E SEUS CONTRASTES
Patricia Guerrero Mestre em Antropologia Social – UNICAMP, Doutora em Educação - UFSC Universidade Federal de Santa Catarina meonpry@yahoo.com.br

RESUMO O Vale do Jequitinhonha, região situada no nordeste do estado de Minas Gerais, há anos vem carregando os problemas decorrentes da seca e o estigma de miserável que têm marcado, profundamente,os discursos produzidos a seu respeito. Pretende-se, com este artigo, compreender um pouco mais do Vale do Jequitinhonha a partir dos contrastes e dos paradoxos ali presentes. Além disso, pretende-se questionar os discursos que enfatizam a pobreza dessa região e que desconsideram as muitas maneiras de interpretá-la e ressignificá-la, apresentando outras possibilidades de leitura que passam,inclusive, pela cultura popular. ABSTRACT Jequitinhonha´s Valley, an area placed in Minas Gerais State northeast, Brazil, there are years it come carrying dryness problems and miserable stigma that have been mark deeply, the speeches produced on it. This article proposal is understand the Jequitinhonha´s Valley from the contrasts and paradoxes presents there. Moreover, the proposal is question thespeeches that emphasize the poverty of this region and not consider the many ways to interpret it, showing many others possibilities to do different lectures, even by popular culture.

INTRODUÇÃO
Conta, conta, cantador Conta a história que eu pedi Dizem que o jequi tem onha Conta as onhas do jequi Gonzaga Medeiro1

O Vale do Jequitinhonha, região situada no nordeste do estado de Minas Gerais, háanos vem carregando os problemas decorrentes da seca e o estigma de miserável que têm marcado, profundamente, os discursos produzidos sobre ele. Este artigo pretende questionar os discursos que enfatizam a condição de pobreza dessa região e que desconsideram as muitas maneiras de interpretá-la e ressignificá-la, apresentando outras possibilidades de leitura que passam, inclusive, pela culturapopular.
1

Gonzaga Medeiros é poeta e compositor do Vale do Jequitinhonha.

81
Revista Discente Expressões Geográficas, nº 05, ano V, p. 81 – 100. Florianópolis, maio de 2009.

www.geograficas.cfh.ufsc.br

Leituras que passam, também, pelos contrastes e pelos paradoxos que vão construindo e constituindo as marcas de uma identidade regional. Meu olhar para o Vale, e para os seus contrastes,vem desde os tempos de mestrado em antropologia2 quando, a partir das memórias e narrativas de canoeiros do rio Jequitinhonha, intencionava conhecer essa região através das percepções e dos discursos das “pessoas do lugar”. Esse primeiro olhar transformou-se num constante aprendizado a partir das muitas idas e vindas que se seguiram após esse primeiro encontro. Da mesma forma, essa itinerânciatransformou-se em novas pesquisas3 que buscam aprimorar as minhas percepções e as minhas leituras sobre essa região. Além disso, e de uma maneira muito especial, essa itinerância busca, também, reforçar os laços afetivos com as pessoas e com o lugar. A REGIÃO São 80 (oitenta) municípios espalhados numa área de 85.467,10 km², o que equivale a 14,5% do Estado.4 O Vale dividi-se em três regiões: AltoJequitinhonha (região de Diamantina, próxima à nascente do rio), Médio (região de Araçuaí) e Baixo Jequitinhonha (região de Almenara, próximo à foz, no sul da Bahia). O Alto e o Médio Jequitinhonha situam-se na porção ocidental da BR 116 e o Baixo Jequitinhonha, na porção oriental. A sua vegetação é bem diversificada e caracteriza, de forma marcante, as suas divisões regionais. Na porção ocidental,por exemplo, na região próxima à Serra do Espinhaço (local onde nasce o Rio Jequitinhonha), as terras são mais altas, havendo predominância das chapadas cuja vegetação natural é o cerrado. As chapadas são entrecortadas por córregos, ribeirões e pequenos rios que, numa porção mais baixa, acabam formando as grotas. Na porção oriental, as terras são mais baixas e os índices de temperatura são mais...
tracking img