Epidemia h1n1 no brasil e no mundo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3596 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Epidemiologia da H1N1 no Brasil e no Mundo

Campinas, SP
2012

Há duas formas para viver sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagres.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagres.
Albert Einstein

ÍNDICE

1. InTRODUÇÃO 05
2. PRINCIPAIS SINTOMAS E DIAGNÓSTICO DA H1N1 06
3. FORMAS DE CONTÁGIO E TRATAMENTOS 08
4. TAMIFLU 09
5. VACINAÇÃO11
6. HISTÓRICO DA H1N1 NO BRASIL 13
7. HISTÓRICO DA GRIPE NO MUNDO 16
8. MUTAÇÃO GENÉTICA DO VÍRUS 18
9. CONCLUSÃO 20
10. BIBLIOGRAFIA 21

INTRODUÇÃO

A gripe causada pelo vírus H1N1, conhecida popularmente como gripe suína, é uma gripe pandêmica que atualmente está acometendo a população de inúmeros países. A doença é causada pelo vírusinfluenza A H1N1, o qual representa o rearranjo quádruplo de cepas de influenza (02 suínas, 01 aviária e 01 humana). 
É uma doença respiratória altamente contagiosa entre seres humanos, que leva a um quadro de infecção respiratória. Assim como a gripe sazonal comum, a gripe suína por H1N1 pode variar de gravidade moderada a séria. Porém, quando grave e não tratada devidamente, pode ocasionar a morte. Amorte é normalmente causada por infecções bacterianas secundárias, que surgem porque o organismo fica debilitado com a gripe, como por exemplo, o quadro de pneumonia, que pode levar a uma insuficiência respiratória.
De acordo com as estatísticas de morte ocasionadas pela gripe, são caracterizados alguns grupos de risco: gestantes, idosos (maiores de 65 anos), crianças (menores de dois anos),doentes crônicos, portadores problemas cardiovasculares, asmáticos, portadores de doença obstrutiva crônica, problemas hepáticos e renais, doenças metabólicas, doenças que afetam o sistema imunológico e obesos. Após contato com vírus, o indivíduo pode levar de 1 a 4 dias para começar a apresentar os sinais e sintomas da doença.
 
Por que “Gripe Suína”?

A gripe Influenza A por vírus H1N1 foioriginalmente e popularmente denominada gripe suína, isso aconteceu porque vários testes laboratoriais mostraram que muitos dos genes do novo vírus eram similares aos das gripes que normalmente ocorrem em espécies de porcos da América do Norte.
Porém, estudos posteriores mostraram que o novo vírus é diferente dos que normalmente circulam em porcos da América do Norte. O vírus da Influenza H1N1 temdois genes de gripe comuns, assim como genes de gripe humana e aviária.
O vírus se dissemina entre os porcos pelo ar, através da secreção respiratória por contato direto ou indireto. Os porcos podem ser infectados ao mesmo tempo por mais de um tipo de vírus, o que permite que estes se misturem. 
PRINCIPAIS SINTOMAS E DIAGNÓSTICO DA H1N1

Os sintomas da gripe H1N1 são muito semelhantes aos deuma gripe comum, por isso, deve-se prestar atenção aos sintomas repentinos, como febre acima de 38° e 39°C, dores de cabeça frequentes, dores musculares, de garganta e de articulações. Em alguns casos pode ocasionar diarreia.
Os sintomas da H1N1 em relação ao resfriado comum se diferem pela duração e intensidade dos mesmos. Ao ter contato com o vírus, o período de incubação é de até dez dias,normalmente aparecendo por volta do 4º dia, onde se tornam mais fortes e mais difíceis de serem controlados.
Ao apresentarem os sintomas os pacientes devem procurar assistência médica o mais rápido o possível, para receber diagnostico adequado.
O diagnostico da H1N1 é fundamental para abordagem terapêutica e individual e para medidas de controle, já que a coleta das amostras respiratórias deve serfeita, principalmente, no início do quadro.

As amostras respiratórias são:
- Swab nasofaríngeo;
- Combinação do swab nasal com swab de orofaringe;
- Aspiração traqueal em pacientes intubados.

Os exames laboratoriais que confirmam a infecção pelo vírus influenza A (H1N1) são a cultura viral e o real time-PCR, mas são realizados somente em laboratórios de referência mundial. Logo, uma...
tracking img