Enzimas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
➢ CONCEITOS GERAIS E FUNÇÕES
As enzimas são proteínas especializadas na catálise de reações biológicas. Elas estão entre as biomoléculas mais notáveis devido a sua extraordinária especificidade e poder catalítico, que são muito superiores aos dos catalisadores produzidos pelo homem. Praticamente todas as reações que caracterizam o metabolismo celular são catalisadas por enzimas.
 Como catalisadores celulares extremamente poderosos, as enzimas aceleram a velocidade de uma reação, sem, no entanto participar dela como reagente ou produto.
            As enzimas atuam ainda como reguladoras deste conjunto complexo de reações. As enzimas são, portanto, consideradas as unidades funcionais do metabolismo celular.

➢ NOMENCLATURA
Cada enzima recebedois nomes. O primeiro é um nome curto. O nome recomendado. O segundo é mais completo, o nome sistemático, o qual é utilizado quando uma enzima precisa ser identificada sem ambigüidades.

➢ PROPRIEDADES DAS ENZIMAS
As enzimas são catalisadores protéicos que aumentam a velocidade das reações químicas e não são consumidos durante a reação que catalisam.

A. Sítiosativos

As moléculas de enzimas contêm uma região específica formando uma fenda que é chamada sítio ativo, que contém cadeias laterais de aminoácidos. O sítio ativo liga o substrato, formando um complexo enzima-substrato (ES).O complexo ES é convertido em enzima-produto (EP), o qual se dissocia em enzima produto.

B. Eficiência catalítica

A s reações catalisadas porenzimas são altamente eficientes, ocorrendo de 103 a 108 vezes mais rapidamente do que as reações não-catalisadas. Cada molécula de enzima é capaz de transformar 100 a 1.000 moléculas de substrato em produto por segundo.

C. Especificidade

As enzimas são específicas, interagindo com um ou alguns poucos substratos e catalisando apenas um tipo de reação química.

D. Co-fatoresCo-fatores são pequenas moléculas orgânicas ou inorgânicas que podem ser necessárias para a função de uma enzima.  Estes co-fatores não estão ligados permanentemente à molécula da enzima, mas, na ausência deles, a enzima é inativa.
            A fração protéica de uma enzima, na ausência do seu co-fator, é chamada de apoenzima.
            Enzima + Co-fator, chamamos de holoenzima.|[pic] |[pic] |

 
            Coenzimas são compostos orgânicos, quase sempre derivados de vitaminas, que atuam em conjunto com as enzimas. Podem atuar segundo três modelos:
            - Ligando-se à enzima com afinidade semelhante à do substrato.
           - Ligando-se covalentemente em local próximo ou no próprio sítio catalítico da apoenzima.
            - Atuando de maneira intermediária aos dois extremos acima citados.

E. Regulação
A atividade enzimática pode ser regulada, isto é, as enzimas podem ser ativadas ou inibidas, de modo que a velocidade de formação do produto responda às necessidades da célula.
F. Localização dentro da célulaMuitas enzimas estão localizadas em organelas dentro da célula.

➢ COMO FUNCIONAM AS ENZIMAS
 
            As enzimas aceleram a velocidade de uma reação por diminuir a energia livre de ativação da mesma, sem alterar a termodinâmica da reação, ou seja: A energia dos reagentes e produtos da reação enzimática e de sua equivalente não enzimática é idêntica.
            Para se superar aenergia de ativação de uma reação, passa-se pela formação de um estado intermediário chamado "Estado de Transição", sempre um composto instável e de alta energia, representado por "Ts", ligado com altíssima afinidade ao sítio catalítico. Nas reações enzimáticas, este composto de transição "Ts" não pode ser isolado ou mesmo considerado um intermediário, uma vez que não é liberado para o meio de...
tracking img