Entrevista de triagem: resumo explicativo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1848 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
I – Introdução

As instituições privadas, os centros de saúde e os hospitais recebem uma significativa demanda de pacientes que trazem suas queixas, seus traumas e seus sofrimentos com o intuito de livrarem-se dos sintomas que os atormentam.
Essas pessoas, muitas vezes, não têm a menor idéia do tipo de tratamento de que necessitam. Elas vêm em busca, neste primeiro momento, de um espaço noqual possam ser acolhidas, aceitas e respeitadas em sua dor psíquica. Necessitam do olhar e da escuta de uma outra pessoa que se disponha a auxiliá-las a compreender o que se passa com elas, ajudando-as a encontrar uma saída para sua situação atual.
Este é um momento particular na vida de quem busca atendimento emocional, por isso a entrevista de triagem pode representar para a pessoa o lugar decontinência de que ela precisa.


II – Características

A entrevista de triagem, baseada no referencial teórico psicanalítico, envolve um processo de avaliação que não se refere necessariamente a uma única entrevista.
As entrevistas de triagem são entrevistas clínicas semi-estruturadas ou semi-dirigidas. Neste tipo de entrevista, o entrevistador tem clareza de seus objetivos e dotipo de informação de que necessita para atingi-los; do tipo de intervenção que facilita a coleta dos dados e dos temas que são relevantes à avaliação.
Essa forma de entrevista aumenta a confiabilidade dos dados obtidos, favorecendo o trabalho de pesquisa e o estabelecimento de um planejamento de ações de saúde e de orientação terapêutica. Por isso, as entrevistas semi-estruturadas sãofreqüentemente utilizadas em locais como clínicas sociais, nos ambulatórios de psicologia dos hospitais, nos postos de saúde pública, entre outros.



III – Os papéis

As entrevistas de triagem compreendem uma interação, face a face, entre duas pessoas, em um tempo delimitado, com objetivos específicos e papéis diferenciados.
Para atingir esses objetivos, o entrevistador deve manter um estilode entrevista flexível, passando da busca estruturada de fatos a uma atitude não-estruturada de escuta de associações do pensamento de entrevistado.

• O entrevistador

O entrevistador tem a função de conduzir o processo de triagem, dirigindo os diversos momentos da entrevista em função de seus objetivos primordiais de diagnóstico e de indicação terapêutica.
Cabe a ele garantir um ambientede sigilo, confortável e livre de interrupções a fim de que o entrevistado se sinta à vontade para falar sobre seus problemas e dificuldades.
Sua primeira tarefa é a de transmitir que o entrevistado é aceito e valorizado como pessoa única. Baseado em seus conhecimentos teórico-técnicos e em seus recursos emocionais, profissional irá avaliar os aspectos pessoais, relacionais e internos do paciente,com o intuito de conhecê-lo o mais profundamente possível.
Partindo das associações do entrevistado, o entrevistador busca, de forma ativa, as informações necessárias para compreender seu estado atual. Ele deve ser capaz de mover-se com espontaneidade ao longo dos temas trazidos pelo paciente nas entrevistas. No entanto, não deve perder de vista a sua função de observar as comunicaçõesnão-verbais e as diversas outras formas de apresentação do entrevistado, como sua postura, forma de vestir, maneira de falar, entre outros aspectos.
O entrevistador pode auxiliar o entrevistado a iniciar seu relato e utilizar-se de intervenções como: perguntas, comentários, confrontações, esclarecimentos, explicações, assinalamentos e interpretações, a fim de reunir dados necessários, não só para o seuentendimento do caso, mas também para auxiliar o entrevistado a obter uma maior consciência de suas dificuldades e uma motivação para aderir ao tratamento recomendado.



• O entrevistado

O entrevistado, em princípio, é quem, por estar em sofrimento, vem em busca de algum tipo de ajuda.
Nesse processo, ele não deve ficar na posição de colaborador passivo, que apenas responde às...
tracking img