Enigma da religiao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PUC-SP
Faculdade de Ciências Sociais
Curso de Serviço Social

Marcio Silva Campelo
Alan de Jesus Ferreira



A Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS
POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITOS DO IDOSO



Trabalho entregue à disciplina de Direito e Legislação Social, como atividade de conclusão do 6º mestre, sob a orientação do Profº Dr. CarlosSimões.



São Paulo – SP
2011

A Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS
POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITOS DO IDOSO

Introdução
A terceira idade é e deveria ser considerada por todos, um tempo maravilhoso da vida. A velhice é o tempo da contemplação, da pausa, do descanso e da reflexão de tudo o que construiu ate o momento. Mas a improdutividade e falta de amor é o que acabaentristecendo a terceira idade.
O mais importante, é perceber os valores pessoais, as experiências que se adquiriu ao longo da vida e elaborar um "plano de ação" para esse novo tempo da vida. De qualquer forma, é necessário que haja incentivos e ações suficientemente para superar, e que desfrute de uma velhice feliz. E quanto mais forte estiver emocionalmente um idoso, menos se sentirá ameaçado pelas outraspessoas ou pelas circunstâncias. Em qualquer fase da vida a capacidade de se adaptar ao novo é essencial para gozar o prazer em viver, aprendendo com o mais novo ou com o mais velho, seja ensinando ao mais novo ou ao mais velho.
Pessoas com idade igual ou superior a sessenta anos têm crescido rapidamente. A pirâmide etária do Brasil mudou, não somos mais um país tão jovem com antes. Pessoascom mais de 50 anos representavam, há 25 anos atrás, 11% da população. Agora são de 16% e a tendência é crescer. O Brasil esta na lista dos 10 paises com a maior população idosa do mundo. Com idade avançada, doentes e sem aposentadoria, os idosos não encontram condições de trabalho, são abandonados pelas própria famílias e até “esquecidos” nas vias públicas, hospitais e casas de acolhimento.
OBRASIL é um pais de idosos, tem 7,7 milhões de idosos acima dos 70 anos, e pode chegar a 34,3 milhões em 2050. Há 25 anos a explicativa de vida do brasileiro era de 63 anos, hoje é de 73 anos.
O Brasil deverá chegar a 2050 com cerca de 15 milhões de idosos, dos quais 13,5 milhões com mais de 80 anos. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2025, o país será o sexto do mundo com omaior número de idosos.
Apesar da criação de políticas voltadas para essa camada da população, como o Estatuto do Idoso, instituído em 2003, A Política Nacional do Idoso (Lei Federal nº 8.842 e alguns artigos da Constituição Federal de 1988. A velocidade do envelhecimento tem superado a implementação de ações para oferecer melhores condições de vida à terceira idade.
“O processo é muito rápido,e as políticas públicas não têm acompanhado isso. Viver em uma sociedade com muito mais idosos do que crianças requer um planejamento intenso”, diz o médico geriatra Luiz Roberto Ramos, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Com o envelhecimento populacional, o Brasil terá redução do número de jovens na força produtiva ativa. “Vai aumentar o número de pessoas queterão dependência social dessa produção. Isso tem de ser planejado. O país está correndo contra o tempo.” Hoje, segundo a OMS, o Brasil tem 21 milhões de pessoas com mais de 65 anos.
O envelhecimento da população tem reflexo direto no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Somente as doenças crônicas não transmissíveis, que afetam principalmente idosos, provocam impacto anual de 1% no PIB,segundo estimativa da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). De acordo com a Comissão para Estudo do Envelhecimento Mundial, anualmente são gastos cerca de R$ 60 bilhões com doenças da típicas da terceira idade no Brasil.
De acordo com Ramos, os problemas decorrentes da terceira idade começam a aparecer com mais intensidade depois dos 70 anos. Até lá, em torno de 80% das pessoas não têm nenhuma...
tracking img