Engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho Nº_1_

Determinação da viscosidade cinemática, à temperatura ambiente, da água, da glicerina e de um fluido de calibração, usando viscosímetros capilares

Objectivos - Familiarização com o funcionamento e utilização de viscosímetros capilares Material 4 viscosímetros capilares tipo Cannon-Fenske 4 cronómetros 1 termómetro 1 bomba de vácuo ou seringa com mangueira 4 fluidos 1 banhotermostático

Figura 1. Viscosímetro Cannon_Fenske de 2 bolbos [Fonte: Catálogo de viscosímetros capilares da Stanhope-Seta.] Procedimento Experimental (1)- Ajustar a temperatura do banho termostático para 20ºC. Esperar 5 min e registar o valor da temperatura (pelo termómetro de Mercúrio). (2)- Viscosímetros de 1 bolbo: usando a bomba de vácuo ou a seringa, puxar o fluido até encher o bolbo epassar ligeiramente o traço superior. - Viscosímetros de 2 bolbos: usando a bomba de vácuo ou a seringa, puxar o fluido até ficar ligeiramente abaixo do traço inferior. (3)- Certificar-se da verticalidade do viscosímetro. (4)- Logo que o menisco do fluido atravesse o 1º traço do bolbo accionar o cronómetro no botão do lado direito. (5)- Após passar o 2º traço parar o cronómetro no botão do ladoesquerdo. Registar o valor do tempo (6) - Para viscosímetros de 2 bolbos, carregar novamente no botão do lado esquerdo do cronómetro. Quando for atingido o 3º traço (no segundo bolbo) parar definitivamente o cronómetro no botão do lado direito e registar o tempo. (7)- Repetir o procedimento integral três vezes.

Medições Preencher a tabela seguinte: Tempos (s) (Fluido A) 1º Bolbo 2º Bolbo* T: _____1º Bolbo ºC 2º Bolbo* 1º Bolbo 2º Bolbo* 1º Bolbo 2º Bolbo* T: _____ 1º Bolbo ºC 2º Bolbo* 1º Bolbo 2º Bolbo* * Só aplicável nos viscosímetros de 2 bolbos Determinação das viscosidades A viscosidade cinemática do fluido é dada por (Fluido B) (Fluido C) (Fluido D)

ν = kt
em que ν é a viscosidade cinemática do fluido, k é uma constante do viscosímetro e t é o tempo em segundos. A constate k deveser consultada para cada viscosímetro no catálogo do fabricante. Dada a fraca dependência de k com a temperatura, podem ser utilizados os valores a 40ºC. Em alternativa pode-se recorrer à extrapolação linear. Registo das constantes dos viscosímetros: Constantes dos viscosímetros (mm2/s2) Código 1º Bolbo 2º Bolbo* * Só aplicável nos viscosímetros de 2 bolbos

Valores calculados: Viscosidadecinemática (mm2/s) (Fluido A) 1º Bolbo 2º Bolbo* T: _____ 1º Bolbo ºC 2º Bolbo* 1º Bolbo 2º Bolbo* Média 1º Bolbo 2º Bolbo* T: _____ 1º Bolbo ºC 2º Bolbo* 1º Bolbo 2º Bolbo* Média * Só aplicável nos viscosímetros de 2 bolbos (Fluido B) (Fluido C) (Fluido D)

Valores tabelados:

ν (água destilada a 20 ºC) = 1,0034 cSt = 1,0034 x10-6 m2.s-1

Trabalho Nº:_2_ Estudo da dependência da viscosidade natemperatura usando um viscosímetro de queda de bola

Objectivos - Utilizar um viscosímetro de queda de bola - Estudar o efeito da temperatura na viscosidade.

Material 1 viscosímetro de queda de bola 1 cronómetro 1 termómetro 1 banho termostatizado 1 fluido de calibração

Figura 1. Viscosímetro de Queda de Bola [Fonte: Catálogo de viscosímetros da Haake. (1997)]

Procedimento Experimental(1)- Registar o valor da temperatura ambiente. (2)- Cronometrar o tempo de queda de uma bola entre dois traços que distam de 10 cm com o viscosímetro na posição normal e invertido (observar a periferia inferior da bola evitando a paralaxe). (3)- Repetir o procedimento (2) quatro vezes. (4)- Ligar o banho termostatizado e fixar o valor da temperatura em 20 ºC. (5)- Esperar cerca de 15 minutos. (6)-Repetir o segundo passo oito vezes. (7)- Para as temperaturas de 22 ºC e 24 ºC, após ser atingido o equilíbrio térmico, repetir (2) quatro vezes. IMPORTANTE: Certifique-se de que no final do trabalho o viscosímetro fica na posição normal e não invertido

Análise dos Resultados Preencher a tabela seguinte: T/ºC Tamb t/s

μ/mPa.s

μ /mPa.s

20,0

22,0

24,0

A viscosidade dinâmica...
tracking img