Engenharia civil - alcali agregados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4421 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ

LEANDRO GRANATO DE SOUZA

TRABALHO ALCALI AGREGADOS

CURITIBA

2009

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3

REAÇÃO ALCALI-SÍLICA 3

REAÇÃO ÁLCALI-CARBONATO 4

REAÇÃO ÁLCALI-SILICATO 4

CONCEITOS FUNDAMENTAIS 5

PROPRIEDADES DOS AGREGADOS: 6

SANIDADE DO AGREGADO 7PROBLEMAS CAUSADOS PELA REAÇÃO ÁLCALI-AGREGADO 8

FATORES INFLUENTES NA REAÇÃO ÁLCALI-AGREGADO 8

INFLUÊNCIA DA UMIDADE E TEMPERATURA 9

UTILIZAÇÃO DE POZOLANA COM INIBIDOR DA REAÇÃO 10

FUMO DE SÍLICA 12

ENSAIOS PARA A DETERMINAÇÃO DA REATIVIDADE POTENCIAL DE AGREGADOS PARA CONCRETO 12

ANÁLISE PETROGRÁFICA 12

MICROSCOPIA ESTEREOSCÓPICA 13

MICROSCOPIA ÓTICA 13

MÉTODO OSIPOV(TÉRMICO) 13

MÉTODO QUÍMICO 14

MÉTODO DAS BARRAS 14

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 15

INTRODUÇÃO

REAÇÃO ALCALI-SÍLICA

O concreto é ura dos materiais mais utilizados na construção civil e ainda é objeto de pesquisa, pois existem diversos fatores que afetam sua durabilidade que não são totalmente conhecidos. Sua exposição à ambientes agressivos facilita a ocorrência de reações ouprocessos que iniciam a degradação, a reação álcali-agregado, que tem sido bastante estudada, principalmente no que diz respeito à medidas preventivas.
Os fenômenos da reação álcali-agregado já são conhecidos desde a década de 30, quando foram observados problemas em estruturas de concreto na Califórnia e a partir de então, STANTON (1940) depois de vários experimentos em argamassa, publicoudetalhadamente suas observações sobre esta reação.
Esta reação ocorre somente na presença de água, é lenta e expansiva que se manifesta no concreto através de fissuras. A expansão pode atingir uma certa magnitude onde problemas mecânicos começarão a aparecer, como foi o caso da Usina Hidroelétrica Apolônio Sales de Oliveira ( Moxotó ), onde as pás das turbinas começaram a raspar no concreto,o que ocasionou a desativação da mesma.
São diversos os fatores que podem afetar a reação álcali-agregado. Basicamente trata- se de uma reação entre os álcalis contidos no cimento e certos tipos de agregado.
Atualmente são conhecidos três tipos de reação álcali-agregado:
a- Reação álcali-silica
b- Reação álcali carbonato
c- Reação álcali-silicato

É areação entre as hidroxilas provenientes dos álcalis do cimento (Na e K) e a sílica amorfa dos agregados, como a opala, calcedônia, cristobalita, tridimita e certos tipos de vidros naturais (vulcânicos) e artificiais HOBBS (1988). A reação ocorre somente quando a concentração de hidroxilas na solução dos poros do concreto está suficientemente alta, isto é, quando a solução já está muito alcalina. A reaçãose caracteriza pela formação de um gel ao redor do agregado que, em contato com a água, pode se expandir e provocar pressões que podem ultrapassar a resistência à tração do concreto, começando então as primeiras fissuras.

REAÇÃO ÁLCALI-CARBONATO

Outro tipo de reação deletéria é a que ocorre entre alguns agregados calcários dolomíticos e os álcalis do cimento. O volume dos produtosdesta reação é menor do que o dos materiais de origem de modo que a explicação da reação deve ser procurada em fenômenos diferentes daqueles que ocorrem na reação álcali-sílica. É provável que o gel formado sofra uma expansão como a que ocorre com argilas expansivas. Assim, em meio úmido, o concreto se expande. Tipicamente, se formam zonas de reação de até 2mm em torno das partículas reativas.Aparecem fissuras nessas regiões resultando em uma malha de fissuras e perda de aderência entre o agregado e a pasta de cimento.
Foi mostrado por meio de ensaios que ocorre a desdolomitização, isto é, a transformação de dolomita CaMg(CaCO3)2 em CaCO3 e MgCO3. No entanto, as reações envolvidas não são ainda bem conhecidas; em particular, o papel da argila no agregado não é bem claro, mas a...
tracking img