Eng. mecanica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (558 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Disciplina: Filosofia: Modernidade
Prof.: Ibraim Vitor de Oliveira

Assunto: Questões para estudo dirigido (1ª. e 2ª. Meditações, de Descartes)1. Escreve Descartes: “me era necessário tentar desfazer-me de todas as opiniões a que até então dera crédito, e começar tudo novamente desde os fundamentos, se quisesse estabelecer algo de firme ede constante nas ciências”.
Por qual motivo Descartes pretende desfazer-se das opiniões e qual será o método por ele utilizado?

2. De acordo com o método cartesiano, evidencia-se que o argumentocom base nos sentidos enganam. Esse será o primeiro grau da dúvida. Como Descartes apresenta esse primeiro grau de dúvida?

3. Como homem, “... tenho costume de dormir e de representar, em meussonhos...”. O argumento do sonho constitui o segundo grau de dúvida. Descreva brevemente os aspectos centrais próprios da possibilidade da ilusão dos sonhos.

4. “... quer eu esteja acordado, quer estejadormindo, dois mais três formarão sempre o número cinco e o quadrado nunca terá mais do que quatro lados; e não parece possível que verdades tão patentes possam ser suspeitas de alguma falsidade ouincerteza”. Nesse momento, Descartes eleva a dúvida à possibilidade do engano na matemática, supondo a existência de um Deus enganador que me faz acreditar em falsidades. Descreva brevemente sobre esseterceiro grau da dúvida de Descartes.

5. “Suporei, pois, que há não um verdadeiro Deus, mas certo gênio maligno, que empregou toda a sua indústria em enganar-me”. Com relação ao imaginário gêniomaligno, em que níveis estaríamos sendo enganados?

6. Os parágrafos 1, 2, 3 e 4 da 2ª Meditação retomam os procedimentos da dúvida assumidos na Meditação anterior até o ponto em que se supõe aexistência de um gênio “enganador mui poderoso e mui ardiloso que emprega toda a sua indústria em enganar-me sempre”. Qual verdade e certeza tal argumento do gênio maligno confirmam?

7. Por que para...
tracking img