Enfermeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2766 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MOBILIDADE: UM PERCURSO PARA O ENVELHECIMENTO ACTIVO
Cristina M. S. Loureiro*1 Glória M. A. Couto*2 Salomé Sobral Sousa*3

Resumo:
O envelhecimento demográfico é uma realidade. A prevalência de doenças crónicas é grande entre os idosos. Alguns factores desencadeantes podem ser prevenidos com hábitos de vida saudáveis. O sedentarismo é característico deste grupo etário, tornando tornandoossusceptíveis às consequências da imobilidade. Programas de actividade física personalizados contribuem para a promoção da saúde e para uma velhice bem sucedida. saúde

Palavras-chave:
Envelhecimento activo/promoção da saúde/actividade física promoção

*1 Enfermeira Graduada na Unidade de Cuidados Intermédios de Medicina/Unidade de AVC do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia. *2 EnfermeiraGraduada no Serviço de Neurocirurgia do Centro Hospitalar do Porto – Unidade Hospital de Santo António. *3 Enfermeira Graduada no Serviço de Neurocirurgia do Centro Hospitalar do Porto – Unidade Hospital de Santo António

Porto, Junho de 2007

Têm-se observado profundas mudanças no perfil demográfico das populações que explicam o fenómeno do envelhecimento. O aumento da longevidade deve-se emgrande parte à melhoria das condições de saúde pública, a um controle efectivo sobre as doenças infecto-contagiosas e um melhor domínio sobre algumas patologias devido aos avanços da ciência e da técnica. Surgem entretanto questões importantes que derivam da análise do panorama social, económico e político e que se preocupam com a qualidade de vida desta população. Torna-se pertinente aferir a idadepara se ser idoso, no entanto a imposição de um limite cronológico, é meramente arbitrário. “A entrada na velhice depende de vários aspectos que ultrapassam os limiares da mera cronologia. Cada indivíduo reage de forma única ao avanço da idade. A velhice é construída paulatinamente, para o que concorrem variáveis biológicas e sociais” (Farinnatti, 2002, p.129). Por uma questão estrutural,funcional e regulamentar, tem sido considerada a proposta da Organização Mundial de Saúde (OMS) que conceptualiza o idoso pela idade e grau de desenvolvimento do seu país, propondo para os países desenvolvidos um limite de 65 anos e para os países em desenvolvimento, 60 anos. O envelhecimento constitui um processo inexorável e transversal a todos os indivíduos, com reflexos variáveis na vertentefisiológica, psicológica e social. A par da história genética, a subjectividade das vivências, o ambiente ecológico, social e cultural onde o indivíduo se desenvolve, são condicionantes do envelhecimento. “Cada pessoa é única e envelhece em função do que viveu.” (Jaques, 2004, p.35). Paralelamente às alterações normativas do envelhecimento, estudos epidemiológicos descrevem uma maior morbilidade emortalidade associados a esta faixa etária. Sanchez (2000), refere que as transformações físicas e a fragilidade das condições de saúde nos idosos podem comprometer a sua capacidade funcional, originando com frequência dependência e perda da autonomia.

Na maioria dos países industrializados, a actual taxa de dependência é cerca de dois adultos independentes, para cada pessoa dependente, (Berger, 2003).A idade não é um prognóstico exacto de dependência das pessoas, no entanto dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), revelam que entre a população com dependência o índice de envelhecimento é de cerca 5,5 vezes superior ao da população total. O inquérito nacional de saúde de 1998/1999 refere que a hipertensão arterial é uma das doenças crónicas mais frequentes entre idosos, com reflexosdirectos na ocorrência de patologias cardiovasculares e situações de dependência. As doenças do aparelho circulatório são também apontadas pelo INE como sendo a principal causa de mortalidade nesta classe etária. Outro factor de risco importante para a ocorrência destas doenças é o sedentarismo. Dados da Direcção Geral da Saúde (DGS), referem que Portugal é o país da União Europeia com os mais...
tracking img