Enfermagem aconselhamento dst/hiv

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4985 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ACONSELHAMENTO
EM DST E HIV/AIDS
Diretrizes e
Procedimentos Básicos

1

AUTORES:
Sandra Lúcia Filgueiras - Coordenação Nacional de DST e Aids Ministério da Saúde, Brasília
Nilo Martinez Fernandes - Programa Estadual de Controle de
DST/Aids - Secretaria de Estado de Saúde,
Rio de Janeiro
José Eduardo M.Gonçalves - COAS/Secretaria de Estado de Saúde,
Rio Grande do Sul;
GAPA -RS(Grupo de Apoio e Prevenção
à AIDS)

COLABORADORES:
Andrea da Silveira Rossi (UNICAMP - CAISM, Campinas)
Arlete Esperandio Pinto (COAS/SMS, São Paulo)
Carmen Harumi Suguinoshito (COAS/SMS, Campinas)
Denise Serafim (Assessoria de Assuntos Especiais - MS, Brasília)
Eliana Claúdia Otero Ribeiro (Núcleo de Tecnologia Educacional para
Saúde - UFRJ, Rio de Janeiro)
José Augusto de Oliveira(COAS/SES, Aracaju)
Luiz Fernando Chazan (Disciplina de Psicilogia Médica - FCM - HUPE UERJ, Rio de Janeiro)
Ludia G. Goulart Mondini (COAS/SES, Porto Alegre)
Paulo Henrique Longo (Núcleo de Orientação em Saúde Social - NOSS,
Rio de Janeiro)
Rosilene Slaviero (COAS/SMS, Campinas)
Sonia Batista (COAS-São Francisco/HESFA/UFRJ, Rio de Janeiro)

2

SUMÁRIO

3

APRESENTAÇÃO

A presençasignificativa das DST e HIV/Aids em nosso país tem gerado
a necessidade de se desenvolver novas e mais eficazes estratégias de
prevenção. Nesse sentido, uma das prioridades da CN-DST/AIDS hoje é incluir
práticas de prevenção nas próprias atividades assistenciais já existentes na
rede de serviços de saúde.
Entretanto, uma das principais dificuldades em estabelecer serviços
efetivos de prevenção deDST/aids é que estas envolvem, entre suas rotas de
transmissão, práticas muito íntimas, carregadas de simbolismos particulares
que são social e culturalmente determinados.
Os profissionais de saúde que já trabalham com a demanda de
assistência a DST e HIV/Aids têm a oportunidade ímpar de manter um contato
direto com a intimidade da vida do cliente, podendo assim promover um trabalhopreventivo ajustado às necessidades individuais.
Para melhor aproveitamento deste momento privilegiado dos serviços
de saúde, propomos que a ação preventiva possa ser efetivada por meio da
prática do aconselhamento - o que, de fato, muitas vezes já ocorre.
O aconselhamento é um instrumento importante para a quebra da
cadeia de transmissão das DST e HIV/Aids na medida em que propicia uma
reflexãosobre os riscos de infecção e a necessidade de sua prevenção.
O documento aqui apresentado tem por finalidade auxilar os
trabalhadores de saúde que atuam neste contexto a exercerem de forma mais
aprimorada e eficaz as práticas de aconselhamento em DST e HIV/aids.
A adesão dos gerentes dos serviços de saúde a esta proposta, inclusive
quanto aos seus aspectos de monitoria e avaliação, é um dosfatores
indispensáveis para viabilizar a efetiva implementação da prática do
aconselhamento.

Pedro Chequer
Coordenador Nacional de
DST e Aids

4

INTRODUÇÃO
“É o outro que me dá referência de que
nem sou o anão dos meus pesadelos
nem o gigante dos meus sonhos.”
( Autor desconhecido )

A construção do pensamento científico na sociedade moderna, em
especial na medicina, provocou umdistanciamento do profissional de saúde
em relação ao seu cliente, um “doente vivo” e com capacidade de fala, visto
que a interlocução passou a ter um caráter secundário. Os aparatos tecnológicos
passaram a ter prioridade, em detrimento da relação interpessoal, provocando
um distanciamento do sofrimento humano (origem histórica das práticas
curativas) a desqualificação da pessoa doente e avalorização da doença.
Se a vida humana implica relações intersubjetivas em seu cotidiano,
tratando-se de DST e HIV/aids é preciso estar atento para situações
conflituosas, nem sempre explícitas, que podem dificultar a ação preventiva.
Quando as pessoas vivenciam situações de ameaça a sua integridade
física ou emocional, costumam ficar fragilizadas e, às vezes, não se sentem
capazes de...
tracking img