Empresa de reciclagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3903 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EMPRESA DE RECICLAGEM

Apresentação do Negócio
O termo reciclagem tornou-se amplamente difundido na mídia brasileira no final da década de 1980, quando vários estudos publicados indicaram que as fontes de petróleo e de outras matérias-primas não-renováveis estavam muito escassas. Além disso, surgia uma nova situação, principalmente nas grandes cidades: há falta de espaço físico adequadodestinado a montagem de depósitos de lixo (lixões, aterros sanitários) e de outros dejetos produzidos pela sociedade.
Assim, diversas pesquisas científicas, realizadas por órgãos federais e privados, divulgaram os mecanismos e maneiras que possibilitam
variadas formas de reciclagem. Esse processo é denominado de reaproveitamento dos materiais descartados: nele, o lixo se torna matéria-prima a sertransformada e destinada à fabricação de um novo produto. Existem inúmeros materiais recicláveis, mas neste trabalho trataremos especificamente da reciclagem de papel, plástico, garrafa PET e pneu.
A principal vantagem da reciclagem é a sensível redução do consumo incontrolável das fontes naturais de matéria-prima, já que, na maioria das vezes, não são renováveis. Além disso, quanto maior for onúmero de produtos reciclados, menor será a quantidade de resíduos que necessitam de tratamento. Os dejetos, quando não reciclados, são aterrados, incinerados ou ainda lançados em leitos de córregos, rios, entre outros, sem nenhum controle ambiental.
Mercado
O Brasil possui o maior mercado de reciclagem da América Latina.
Apresentam-se abaixo alguns dados sobre a reciclagem no Brasil:
a)PAPEL ONDULADO (Papelão) – 77,4% do volume total de papel ondulado consumido no mercado nacional no ano de 2005 foi
proveniente de reciclagem.
b) PAPEL DE ESCRITÓRIO – 49,5% do papel que foi comercializado no Brasil em 2005 retornou às linhas de produção por meio da reciclagem. Ainda em 2005 foram recuperados nas vias públicas ou “lixões” do Brasil 3.438 milhões de toneladas de papel reciclável,entre papel ondulado, de escritório, de embalagens, etc.
c) PLÁSTICO FILME – a taxa de reciclagem de plásticos é em média de 20%, o que equivale a, aproximadamente, 200 mil toneladas por ano.
d) GARRAFAS PET – no Brasil, cerca de 47% das embalagens pós-consumo têm sido recicladas. Em 2005 foram reutilizadas 174 mil
toneladas.
e) PNEUS – no ano de 2005 foram reciclados 58% de pneusproduzidos e consumidos no Brasil, o que representa aproximadamente 220 mil toneladas.
O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informa que a quantidade média de lixo produzida no Brasil é de 0,6 kg/dia por
habitante. Esse volume varia de 0,4 kg por habitante na região Nordeste a 1,1 kg na região Sudeste. Especialistas reportam que após a
introdução do Plano Real, que estabilizou aeconomia nacional, a geração de resíduos domésticos aumentou visivelmente e alcançou um
volume em torno de 110.000 toneladas por dia.
Atualmente, um percentual considerável de municípios brasileiros, cerca de 75%, dispõe de algum tipo de serviço de coleta lixo oferecido pelo Executivo Municipal. Na grande maioria das cidades, no entanto, não existe a coleta seletiva de lixo: o trabalho éexecutado por catadores autônomos ou cooperativas de catadores organizados. Esse percentual é bem menor em localidades das regiões Norte e Nordeste, o que gera “lixões” desordenados, onde dejetos são lançados em áreas impróprias, como locais próximos a mananciais ou nascentes de águas, e acabam contaminando córregos e rios.
O mercado brasileiro de gerenciamento de resíduos deverá ser influenciado eestimulado por importantes fatores nos próximos anos,
tais como:
• as empresas serão “forçadas” a redefinir o design de seus produtos, visando melhorar a tecnologia de produção e utilizar regularmente a análise do ciclo de vida do produto e sua biodegradação;
• as ONGs deverão pressionar mais os políticos e empresários no intuito de que sejam promulgadas legislações mais severas para alterar...
tracking img