Empreendedorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11032 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O Empreendedorismo como Tema de Estudos Superiores

Palestra proferida no Seminário "A Universidade Formando Empreendedores"

Louis Jacques Filion Escola de Altos Estudos Comerciais (H.E.C) de Montreal

Dois loucos não sabiam que era impossível realizar a tarefa, decidiram então realizá-la. Mark Twain

Introdução

Durante as duas últimas décadas, fomos testemunhas da extraordináriaevolução de cursos e programas sobre empreendedorismo em todos os níveis do ensino de quase todos os países. Na América do Norte, não existe praticamente mais nenhuma instituição de ensino superior que não apresente, em seu currículo, ao menos um curso de empreendedorismo (Vesper e Gartner, 1999). Este fenômeno se explica por diferentes razões mas decorre, sobretudo, da necessidade das pessoas de seprepararem melhor antes de se lançarem no mercado por conta própria. Iniciada nos anos 70, essa tendência, vem se afirmando há duas décadas. O número de pequenas empresas e de trabalhadores autônomos aumenta a cada ano. No Canadá, no final de 1998, 17% da mão de obra era composta de trabalhadores autônomos. Prevê-se que essa taxa se elevará a 20% no ano 2005 ("Small Business Quaterly", 1998). Cercade 50% do PIB do país é hoje gerado pelas PME. A partir da conceituação canadense, que define como PME toda empresa que emprega até 100 pessoas, 98% das empresas canadenses são PME. Destas, 75% têm menos de 5 empregados e 90% delas menos de 20. Entre 1980 e 1998, houve um aumento de 20% de PME no Canadá. 75% dos empregos criados

encontram-se no setor terciário. Cabe ressaltar que as empresasdirigidas por mulheres aumentaram de 10% a 30% durante os últimos 20 anos. 90% dessas empresas empregam menos de 10 pessoas e cerca de 50% delas são de comércio varejista. O fenômeno empresarial mais marcante da última década é, sem dúvida, o crescimento do trabalho autônomo. Entre 1976 e 1988, 35% dos empregos criados foram de trabalhadores autônomos, entre 1989 e 1998, esta taxa se elevou a 74%.De 1995 a 1997, 70% dos empregos criados no Quebec, foram de trabalhadores autônomos (sem empregados). Entre 1976 e 1996, percebe-se mais uma vez a evolução da participação das mulheres, que passou de 19,6% para 31,2% nesta categoria de emprego. (Matte, 1998). As demandas por educação e formação empreendedora não advêm somente das pessoas que desejam se lançar no mundo dos negócios por contaprópria. Dizem respeito igualmente a todas as áreas das ciências humanas e administrativas. Por exemplo, é imprescindível instaurar várias mudanças estruturais, com vistas a melhorar o apoio à iniciativa empreendedora. Os organismos e os ministérios que oferecem programas de apoio são muitos mas não podem recrutar pessoas que realmente conheçam os assuntos e tenham uma formação suficientemente sólidana matéria. Os técnicos que oferecem apoio, os funcionários dos órgãos como o SEBRAE, aqueles dos ministérios e organismos governamentais vinculados à economia, os graduados de todas as áreas que farão carreira nas grandes organizações, devem cada vez mais sua evolução à compreensão de que a grande maioria de sua clientela, é composta de trabalhadores autônomos, pequenos empreendedores e pequenos emédios empresários. O aprofundamento dos estudos sobre empreendedorismo, permite elaborar sistemas de transferência do conhecimento que nos fazem entrar na era da sociedade do aprendizado. Assim, seria interessante, por exemplo, pensar em formas econômicas de apoio aos trabalhadores autônomos e às pequenas empresas através do estabelecimento de sistemas de credenciamento de consultoresespecializados. Estes últimos fariam um curso de formação ministrado por pesquisadores universitários, com duração de 2 ou 3 dias, ao cabo do qual

estariam por sua vez aptos a dar cursos de formação e fazer apresentações sobre os temas estudados. Poder-se-ia, desta maneira, estabelecer cadeias de transferência de conhecimento retroativas entre futuros empresários, conselheiros especializados em...
tracking img