Embriologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2321 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMAS ALIMENTAR E RESPIRAT�RIO
Os sistemas alimentar e respirat�rio apresentam um desenvolvimento muito relacionado entre si.
           
 SISTEMA ALIMENTAR
 
Tubo digestivo primitivo: o embri�o de um m�s de idade adquire a forma que se observa na figura abaixo:
           O embri�o apresenta uma cavidade bucal primitiva, separada do restante do tubo digestivo pela membrana bucofar�ngea,uma faringe primitiva, e uma por��o mais ou menos reta eu se comunica amplamente com o saco vitelino e termina na membrana cloacal.
            As membranas far�ngea e cloacal, formadas pela justaposi��o de ecto- e endoderma, se rompem, estabelecendo ampla comunica��o do tubo do tubo digestivo com o exterior do embri�o. O tubo digestivo � revestido na sua maior por��o pelo endoderma, exceto nassuas extremidades � que se encontram a cavidade bucal primitiva e um esbo�o da cavidade anal, que s�o revestidas pelo ectoderma.
  
            Por��o cranial do intestino cef�lico: As �reas branquiais: a faringe embrion�ria constitui a por��o cranial do intestino cef�lico e apresenta-se comprimida dosoventralmente. Nas paredes laterais e no piso da faringe, o mesoderma a� presente sofrecondensa��o, formando barras de dire��o dorsoventral que se estendem at� quase a linha m�dia do piso da faringe, essas barras de mesoderma s�o chamadas arcos branquiais. Entre esse arcos o endoderma sofre invagina��o, originando sulcos de dire��o tamb�m dorsoventral, que se alargam posteriormente, tomando a forma de bolsas � as bolsas branquiais. O ectoderma, ao n�vel das bolsas assim formadas, mas dolado externo do embri�o, invagina-se, originando depress�es conhecidas como sulcos branquiais.
 
            Forma��o da face e das cavidades oral e nasal: no adulto, as cavidades oral e nasal derivam em parte do ectoderma e em parte do endoderma, conforme se originem da por��o que fica adiante ou atr�s da inser��o da membrana bucofar�ngea. O primeiro arco braquial se subdividiu em dois processoschamados processos maxilar e mandibular. Ambos apresentam um eixo cartilaginoso em seu interior. No fundo da boca primitiva, a membrana far�ngea na fase inicial de ruptura. Acima dela aparece o processo frontal, resultante da flex�o anterior da por��o mais cranial do tubo nervoso. A por��o inferior do processo frontal, que aparece em pontilhado nesta figura, evoluir� diferentemente do processofrontal, chamando-se processo nasofronal. Lateralmente, a boca � limitada pelos processos maxilares do primeiro arco, enquanto que a sua por��o interior � formada pelos processos mandibulares.

            � medida que o embri�o se desenvolve, observa-se um prolifera��o e eleva��o bilateral do mesoderma que fica por baixo das bordas dos plac�dios olfat�rios, formando duas fossetas nasais, ladeadacada uma por uma prega em forma de ferradura. As por��es laterais e mediais, respectivamente. Ao mesmo tempo que isso ocorre, o plac�dio se aprofunda e as pregas se v�o deslocando para a linha m�dia. Como resultado desse movimento as pregas nasais se fundem na linha m�dia, formando o nariz com os seus dois orif�cios e asas com pe�as cartilaginosas caracter�sticas. Durante certo per�odo da forma��odo nariz, observa-se um sulco de comunica��o da cavidade orbit�ria, que cont�m o olho, com a boca: � o sulco naso�ptico. Concomitantemente, as fossetas nasais aprofundam-se, formando ent�o as fossas nasais.
 
            Internamente, se processa a separa��o entre as cavidades nasal e bucal. Da face interna do processo maxilar, por�m, desenvolvem-se gradualmente forma��es com aspecto deprateleiras que crescem horizontalmente, chamadas cristas palatinas. Esses processos deslocam-se medialmente, terminando por se fundir na linha m�dia formando o palato. A por��o mais ventral do palato origina-se, por�m, do processo nasofrontal e adquire a forma de um pequeno tri�ngulo. Mais tarde, na regi�o ventral do palato, o mes�nquima se ossifica formando os processos palatinos do osso maxilar e a...
tracking img