Eletricidade portatil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1577 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Eletricidade Portaril

Disciplina de Química do 2° período dos cursos de
Engenharia de Controle e Automação
e Engenharia de Produção.

SUMARÉ
DEZEMBRO/2012

SUMÁRIO

1 – Introdução
2 - Abordagem CTS (ciência, tecnologia e sociedade) versus abordagem tradicional
3 - A história da pilha
4 - As células galvânicas 
5- Exemplos de células galvânicas
6 - Concepções Alternativas dosestudantes sobre eletroquímica
7 - Caixa da Experimento teca do CDCC (pilha de Daniell)
8 - Conclusões
9 - Referências

Pilha de Daniell

1 - Introdução
A eletroquímica permite-nos compreender como as reações químicas podem ser usadas para gerar eletricidade e como a eletricidade pode ser obtida através de reações químicas. Também pode ser usada para estabelecer uma escala de capacidadeoxidante e redutora. A obtenção de energia no futuro passa por encontrar maneiras efetivas de gerar eletricidade por meio de reações químicas. Fontes de eletricidade portáteis, eficientes, para computadores de bolso, automóveis elétricos ou habitações espaciais são imprescindíveis para o futuro. Hoje uma das contribuições mais familiares da eletroquímica para o nosso dia a dia é a “bateria” usada notoca-fitas portátil, no CD player ou no computador portátil (laptop) (1).

2 - Abordagem CTS (ciência, tecnologia e sociedade) versus abordagem tradicional
CTS, significa o ensino do conteúdo de ciência no contexto autêntico do seu meio tecnológico e social. Os estudantes tendem a integrar a sua compreensão pessoal do mundo natural (conteúdo da ciência) com o mundo construído pelo homem(tecnologia) e o seu mundo social do dia-dia-dia (sociedade). A diferença fundamental entre CTS e o ensino clássico, sendo característico o ensino de CTS pela organização conceitual centrada em temas sociais, pelo desenvolvimento de atitudes de julgamento, por uma concepção de ciência voltada para o interesse social, visando compreender as implicações sociais do conhecimento cientifico. Por outro lado, oensino clássico é caracterizado pela organização curricular centrada no contudo especifico de ciências, com uma concepção universal, que possui valor por si mesma e não pelas suas aplicações sociais (2). 

3 - A história da pilha
Embora o homem conhecesse a eletricidade desde a Grécia antiga, seu aproveitamento e o conhecimento de sua natureza só começaram a surgir a partir do fim do séculoXVIII. Nessa época, a eletricidade era produzida por fricção (eletricidade estática), não se conhecia ainda a corrente elétrica, tal como chamamos hoje. Alessandro Volta (1745-1827) professor de Física, compreendeu que a eletricidade não havia sido gerada pelo animal, mas pelos metais diferentes mergulhados no mesmo meio líquido (o corpo animal contém líquido). Em 1795, conseguiu obter eletricidade,mergulhando um pedaço de cobre e um de zinco em uma solução de ácido sulfúrico, construindo o primeiro gerador elétrico. Para aumentar o efeito do seu gerador, Volta empilhou laminas de cobre e zinco, separados por panos úmidos em solução de ácido. Esse dispositivo ficou conhecido como pilha de Volta ou simplesmente pilha (3,4).

   
Fig.1- (a)-gerador elétrico, (b)-pilha (3)
Devido às reaçõesquímicas entre os metais e o líquido, o cobre fica com a carga positiva e o zinco fica com carga negativa. De acordo com a antiga teoria do fluido elétrico, havia excesso de fluido no cobre e falta de fluido no zinco. Esse desequilíbrio foi chamado de tensão elétrica. O cobre e o zinco foram chamados de pólo positivo e pólo negativo da pilha.Unindo-se os metais por meio de um fio condutor,estabelece-se uma corrente elétrica. Segundo a teoria do fluido elétrico, o fluido escoa pelo fio, do pólo positivo para o pólo negativo (3).
4 - As células galvânicas 
Essa bateria e um exemplo de uma célula eletroquímica. Em geral, uma célula eletroquímica é um dispositivo no qual corrente - um fluxo de elétrons através de um circuito – é produzida por uma reação química espontânea ou é usada...
tracking img