Edjvan belinho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1253 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Radiações Ionizantes

O efeito da radiação ionizante está presente em alguns equipamentos, o mais comum em Portugal será na área da saúde.
A radiação ionizante é a radiação que possui energia suficiente para ionizar átomos e moléculas. Essa radiação pode danificar nossas células e afetar o material genético (DNA), causando doenças graves (por exemplo: câncer), levando até a morte. A radiaçãoelectromagnética ultravioleta (excluindo a faixa inicial da radiação ultravioleta) ou mais energética é ionizante. Partículas como os elétrons e os prótons que possuam altas energias também são ionizantes. São exemplos de radiação ionizante as partículas alfa, partículas beta (elétrons e prótons), os raios gama, raio-x e nêutrons.

Radiações ionizantes:

Definição: qualquer radiaçãoelectromagnética capaz de produzir ionização na passagem através da matéria.
Exemplo: as radiações emitidas pelas maquinas de raio X onde são feitas as radiografias nos centros médicos.

Radiações não ionizantes

Definição: qualquer radiação electromagnética incapaz de produzir ionização à sua passagem pela matéria.
Exemplo: radiações emitidas pelos equipamentos de comunicação e radar de umaaeronave.

Exposição a temperaturas extremas

Definição: consiste em estar submetido a temperaturas altas ou baixas que podem provocar consequências negativas para a saúde do trabalhador como: stress térmico, insolação, golpe de calor, desidratação, hipotermia, etc.
Exemplo: desmaio de um trabalhador da construção de estradas pela exposição prolongada a altas temperaturas externas.
 Efeitos no Organismo Humano

Os efeitos das radiações ionizantes podem classificar-se em somáticos, se aparecerem no indivíduo exposto e em hereditários, se afetarem os descendentes.
A vigilância de saúde é fundamental para os trabalhadores expostos às radiações ionizantes, quer nos exames de admissão e periódicos, quer nos ocasionais, nomeadamente em caso de exposição acidental, obedecendo amanutenção dos registros clínicos a critérios rigorosos (igualmente por um período mínimo de 30 anos).
De cada exame médico resultará a respectiva "Ficha de Aptidão" não devendo em caso algum o trabalhador exercer funções se o parecer médico for negativo. Os trabalhadores expostos a radiações ionizantes deverão ter formação contínua específica, de forma a cumprirem todos os procedimentos desegurança exigíveis. Deverão ainda ser informados acerca dos níveis de radiação a que se encontram sujeitos, bem como do resultado dos exames médicos de vigilância de saúde a que são submetidos.

Legislação e Normalização aplicáveis

Decreto-Lei n.o 140/2005 de 17 de Agosto
A Diretiva n.o 96/29/EURATOM, do Conselho, de 13 de Maio, fixa as normas de segurança de base relativas à proteçãosanitária da população e dos trabalhadores contra os perigos resultantes das radiações ionizantes, tendo sido transposta pelos Decretos-Leis nº 165/2002, de 17 de Julho, 167/2002, de 18 de Julho, e 174/2002, de 25 de Julho

Decreto-Lei n.º 165/2002 (D.R. n.º 163, Série I-A de 2002-07-17) Ministério da Saúde Estabelece as competências dos organismos intervenientes na área da proteção contra radiaçõesionizantes, bem como os princípios gerais de proteção, e transpõe para a ordem jurídica interna as disposições correspondentes da Diretiva n.º 96/29/ EURATOM, do Conselho, de 13 de Maio, que fixa as normas de base de segurança relativas à proteção sanitária da população e dos trabalhadores contra os perigos resultantes das radiações ionizantes.

Decreto-Lei n.º 348/89 (D.R. n.º 235, Série I de1989-10-12) Ministério da Saúde Estabelece normas e diretivas de proteção contra as radiações ionizantes.

Decreto Regulamentar n.º 9/90 (D.R. n.º 91, Série I de 1990-04-19) Ministério da Saúde Estabelece a regulamentação das normas e diretivas de proteção contra as radiações ionizantes Revogado por Decreto-Lei n.º 165/2002,de 17/07 - derroga parcialmente.

Decreto Regulamentar n.º 3/92...
tracking img